Fórum do Empreendedor Digital apresenta conteúdo exclusivo para lojistas online

Por VTEX DAY

Pequenos e médios lojistas já podem se programar para as novidades do mercado durante o Fórum do Empreendedor Digital, no dia 31 de maio, a partir das 9h, no São Paulo Expo. O encontro é uma das atrações do VTEX DAY, maior evento de varejo multicanal da América Latina, e faz parte das iniciativas dos organizadores em complementar cada vez mais suas atrações, de acordo com as necessidades específicas de cada público.

Em sua segunda edição, o Fórum do Empreendedor Digital, uma iniciativa da Loja Integrada, plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do Brasil, trará aos empreendedores mais de oito horas de conteúdo exclusivo, incluindo temas como: Segredos para ser empreendedor, Planejamento financeiro para e-commerce, Marketing de conteúdo para aumentar faturamento e Estratégias para vender em grandes marketplaces, entre outros assuntos.

150x70xUma-pagina-lucrativa-que-funciona-mesmo-tenha-um-blog.jpg.pagespeed.ic.80HuzgzEox
Com a expectativa de reunir 1.000 empreendedores, o evento terá entre os palestrantes: Gustavo Caetano, CEO da Samba Group; Tânia Gomes,  CEO da 33 e 34; Fabiano Nagamatsu, do Sebrae; Eder Paes, CEO do Integrando.Se; Flávia Marcon, gerente de marketplace do Mercado Livre; e Thiago Maia, Diretor Comercial da Netshoes.  O jornalista e humorista Rafael Cortez será o mestre de cerimônias.  A programação completa está no site do Fórum.

“O Fórum é a oportunidade para que os empreendedores possam trocar informações de mercado com outros empresários e absorver a experiência dos cases apresentados, além de fazer networking, explica Alessandra Scano Hypolito, Head do VTEX DAY e Diretora de Eventos da VTEX. O objetivo é levar informação de qualidade aos lojistas, uma vez que a previsão é que o comércio eletrônico fature US$ 18,7 bilhões em 2017, segundo o site de pesquisa Statista. “Por isso é muito importante que as pequenas e médias lojas virtuais estejam preparadas para escalar”, finaliza Alessandra.

Serviço

Evento: Fórum Empreendedor Digital

Quando: 31 de maio, a partir das 9h
Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo
Mais Informações: http://www.vtexday.com/ – http://forumempreendedordigital.com.br/

Ingressos: http://ingressosvtexday.vtex.com/    

Sobre o VTEX DAY

O VTEX DAY é maior evento de varejo multicanal da América Latina. Desde a sua primeira edição, em 2013, já reuniu 400 palestrantes e 21.000 participantes. Voltado para varejistas e fornecedores de soluções para o varejo multicanal, discute tendências, inovação e desafios do setor, fomentando o ecossistema e, principalmente, propiciando a geração de novos negócios.

Sobre a Loja Integrada

A Loja Integrada é uma plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do Brasil, com mais 400 mil lojas e ganhadora do prêmio Ebit – Melhor Plataforma para PMEs. Diferenciais como facilidade de gestão, páginas customizadas e recursos inteligentes de vendas tornaram a Loja Integrada como uma das maiores plataformas de e-commerce da América Latina.
INFORMAÇÕES À IMPRENSA

OLIVER PRESS

Juliana Oliveira / (11) 98398-5307 / juliana@oliverpress.com.br

Vanessa Costa / (51) 98274-4949 / vanessa@oliverpress.com.br

Elaine Tessarolo / (11) 99996-7938 / elaine@oliverpress.com.br

 

Leia Mais

Fundador do Grupo Virgin, que contempla mais de 400 empresas, falará sobre as 10 decisões mais difíceis que já teve que tomar em suas companhias

Por VTEXDAY2017

O mega empresário britânico Richard Branson confirmou presença no VTEX DAY 2017, maior evento de varejo multicanal da América Latina, que reunirá mais de 100 palestrantes e receberá 10 mil convidados, nos dias 30 e 31 de maio, em São Paulo.

O empresário, cuja fortuna está avaliada em mais de US$ 5 bilhões, é fundador do Grupo Virgin, conglomerado com mais de 400 empresas em diversos setores, como aviação, vestuário, lazer, bem-estar, serviços financeiros e até turismo espacial. Suas empresas estão presentes em mais de 30 países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, Austrália, Canadá, Ásia, Europa e África do Sul. Conhecido por seu espírito aventureiro e realizações esportivas – já cruzou oceanos em um balão de ar quente -, Branson foi nomeado Cavaleiro pela Rainha da Inglaterra, em 1999, por sua contribuição para o empreendedorismo.

 

Richard-Branson-Founder-Virgin-Group-VTEX-DAY-4

O mega empresário britânico Richard Branson confirmou presença no VTEX DAY 2017, maior evento de varejo multicanal da América Latina, que reunirá mais de 100 palestrantes e receberá 10 mil convidados, nos dias 30 e 31 de maio, em São Paulo.

O empresário, cuja fortuna está avaliada em mais de US$ 5 bilhões, é fundador do Grupo Virgin, conglomerado com mais de 400 empresas em diversos setores, como aviação, vestuário, lazer, bem-estar, serviços financeiros e até turismo espacial. Suas empresas estão presentes em mais de 30 países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, Austrália, Canadá, Ásia, Europa e África do Sul. Conhecido por seu espírito aventureiro e realizações esportivas – já cruzou oceanos em um balão de ar quente -, Branson foi nomeado Cavaleiro pela Rainha da Inglaterra, em 1999, por sua contribuição para o empreendedorismo.No VTEX DAY 2017, Branson falará sobre as 10 decisões mais difíceis que já teve que tomar em suas companhias. A apresentação mediada por Mariano Gomide, Co-CEO da VTEX, será no dia 30 de maio, às 19h. Na sequência, o empresário participará de uma coletiva de imprensa.

Reconhecido pelo conteúdo e pelos cases nacionais e internacionais que apresentam um panorama global do mercado, o VTEX DAY destacará temas e tecnologias como big data, chatbot, mídia programática, mobile payment, os desafios de se iniciar uma operação internacional, integração de pagamento online e offline que elevam a experiência de compra entre o varejista e o consumidor em diversos canais.

Além de Branson, estão confirmados nomes como: Zia Daniell Wigder, chefe de Conteúdo Global do Shoptalk; Chau Banks, vice-presidente executiva da New York & Company; Neil Patel, cofundador da CrazzyEgg; Lincoln Murphy, Customer Success da Driven Growth; Patricia Jebsen, presidente da Câmara Argentina de Comércio Eletrônico (CACE); Thiago Maia, diretor comercial do Grupo Netshoes e Patricia Amaro, diretora de E-commerce para América Latina da Unilever, além dos co-CEOs da VTEX, Mariano Gomide e Geraldo Thomaz.

O evento tem dezenas de patrocinadores, entre eles: B2W Marketplace, PagSeguro, B2W Services, Cielo, Elo, Mercado Livre, Mercado Pago, PayU, Synapcom , Walmart.com e apoio do Empreendedorismo Rosa.

Confira a agenda completa no site: http://vtexday.vtex.com/

Palestra Richard Branson

Data: 30 de maio, às 19h

Coletiva de Imprensa: das 20h às 20h15

Credenciamento pelos e-mails: juliana@oliverpress.com.br; elaine@oliverpress.com.br; vanessa@oliverpress.com.br

VTEX DAY

Data: 30 e 31 de maio de 2017

Horário: dia 30, das 16h às 22h; e dia 31, das 07h30 às 22h

Local: São Paulo Expo – Rod. dos Imigrantes, km 1,5

Ingressos: http://ingressosvtexday.vtex.com/

Sobre o VTEX DAY

O VTEX DAY é maior evento de varejo multicanal da América Latina. Desde a sua primeira edição, em 2013, já reuniu 400 palestrantes e 21.000 participantes. Voltado para varejistas e fornecedores de soluções para o varejo multicanal, discute tendências, inovação e desafios do setor, fomentando o ecossistema e, principalmente, propiciando a geração de novos negócios.

Sobre a VTEX

Desde 1999, a VTEX se destaca por ter em seu DNA a inovação e o comprometimento com o aumento de lucratividade dos seus clientes. Pioneira em comercializar software como serviço (SaaS), com presença em 17 países e com mais de 2.000 clientes, a empresa tem em seu portfólio grandes marcas, como Ambev, Electrolux, O Boticário, Staples, Danone, Consul, Brastemp, Sony, Nestlé, Alpargatas entre outros. Atualmente, a VTEX possui um extenso portfólio de tecnologia para e-commerce. A plataforma VTEX é um poderoso software de OmniChannel Commerce que permite integrar todo o relacionamento com os consumidores em um único lugar.

Informações à imprensa

Oliver Press

Juliana Oliveira / (11) 98398-5307 / juliana@oliverpress.com.br

Elaine Tessarolo / (11) 99996-7938 / elaine@oliverpress.com.br

Vanessa Costa / (51) 98274-4949 / vanessa@oliverpress.com.br

Leia Mais

Qual o presente ideal para o Dia das Mães?

Por José Luiz Tejon Megido

A mãe biológica me deu a vida, a mãe adotiva me deu a sua vida! Qual o presente ideal para o dia das mães? Quem tem mãe viva vê, por um momento, a oportunidade de rever a mãe, almoçar, dar um presente. Quem não tem a felicidade de ter a mãe ainda viva, a mantem vivíssima na memória de todas as suas emoções. São sensações distintas.

Mas quando me perguntaram qual seria um dos maiores presentes que eu gostaria de pedir para mim mesmo, se pudesse pedir o impossível, ele seria: rever, nem que fosse por apenas um minuto, a minha querida mãe.

No meu caso duas mães, pois a biológica me deu a vida e não a conheci, e a adotiva me deu a sua vida para que eu pudesse mentalmente existir. E o que eu faria nesses minutos com ambas as mães? O maior abraço e o maior beijo do mundo, interminável, de perder todos os fôlegos, de apertar para integrar célula com célula, e de berrar o tempo todo como eu as amo. Gritar para que em qualquer infinito onde estejam recolhidas, não importa quão distantes, separados por dimensões desconhecidas, jamais o eco desses gritos pudesse parar de ecoar.

apsposts_maio_data_1

Se eu tivesse esses minutos de novo, pediria perdão pela falta de atenção. Os instantes e os momentos perdidos ao lado da mãe são irrecuperáveis. Eu prestaria muito mais atenção nos olhares, na forma de falar, em como tinham sempre um olhar de amor para comigo, e eu nem me ligava. Pediria perdão pelos meus momentos de raiva, quando brigamos, nos distanciamos, e a perdoaria de suas fraquezas, imperfeições, pois tanto minha mãe quanto eu, estamos distantes de sermos perfeitos.

Minha mãe biológica me deu a vida, mas eu nunca a abandonei. Minha mãe adotiva, Rosa, me lembro vivamente, nunca me abandonou. No último instante em que a visitava no hospital, no seu último dia e horas de vida, eram cerca de 18h, o quarto já semiescuro, e ela dormia.

Saí para voltar no dia seguinte, mas ao fechar a porta do quarto, algo me trouxe para dentro de novo. Voltei, me aproximei, e uma gotinha de lágrima escorria de suas pálpebras. A beijei, e guardei nos meus sentidos o gosto salgadinho daquela gota que escorria suavemente como que dizendo um adeus, ou um até sempre. Minha mãe Rosa faleceu naquela madrugada. Feliz dia das mães, felizes os que se reencontram diariamente com suas mães interiores. A mãe eterna nunca nos abandona, se nós nunca a abandonarmos.

Leia Mais

4 Recomendações para Empreendedoras podeRosas

Por Leonardo Pansardi Grisotto

Release profissional:

Empreender no Brasil é tarefa para poucos. Segundo o IBGE, os proprietários de empresas representam apenas 3,7% da população. Para ajudar as empreendedoras nessa difícil jornada, seguem algumas recomendações baseadas nas melhores práticas na gestão de empresas:

Planejamento

Há anos o Sebrae aponta a falta de planejamento (estratégico) como uma das principais causas de falência das empresas no Brasil. É preciso responder questões como: Qual é o nosso foco? Quem é o público-alvo? Quanto será minha margem? Quantas pessoas preciso na equipe? A demanda é real ou só está na minha cabeça? Onde queremos chegar? E por aí vai. Planejar é questionar. Questione tudo em seu negócio e busque melhorar sempre, em todas as áreas, não apenas naquela em que você é expert.

Fonte da imagem: Corbis


Liderança

Uma líder precisa cuidar da sua equipe. As pessoas trabalham em uma empresa porque eles querem fazer a diferença e saber que elas são importantes no processo. O lucro é consequência. É assim que uma companhia cresce.

Organização

Uma empresa organizada possui um sistema de gestão e processos bem definidos, que é a forma de se operar, o modus operandi, são as regras do negócio bem definidas e claras para toda a equipe. Aqui estamos falando de todos os processos, sejam eles financeiros, RH, marketing ou operacional. Todos, sem exceção, precisam ser mapeados a fim de se organizar a empresa.

Controles

Controle seu negócio. Você só conseguirá gerenciar o que conseguir medir. Controle os números críticos, sejam eles volume de vendas, margem de produtos, turnover ou geração de caixa. Crie indicadores e acompanhe-os ao longo dos meses. Isso é fundamental pra você saber onde está e se está indo na direção certa ou não!

Essas 4 recomendações formam a base pra gestão de qualquer negócio, em qualquer segmento da economia. A falta deles é justamente o ponto crítico que leva diversas empresas à falência, conforme as estatísticas. E reforçando esses pontos, como diria Jorge Paulo Lemann: “A gente só tem um truque, que é colocar gente boa e nosso sistema de gestão para mudar o resultado de uma empresa”.

Leia Mais

Empreendedora das Letras: Annita Phillipowski

Por Paulo Roberto Karam

Mais uma poetisa nos é apresentada pelo nosso colunista Paulo Roberto Karam, hoje é a vez de Annita Phillipowski

O segundo período das nossas letras femininas, iniciando em 1910 engloba as mulheres engajadas nas lutas pela liberação feminina e melhoria de seu status social e econômico. Essas pioneiras, tendo como modelo as feministas europeias, labutaram principalmente na Imprensa, com poesias, contos e outros textos importantes.

Os nomes imortais de Mariana Coelho, Zaida Zardo, Annete Macedo, Julia Wanderlei e Anita Phillipowski se sobressaem no cenário paranaense como militantes, “animadoras da cultura”, modificadoras da legislação e costumes vigentes.

Annita Phillipowski nasceu em Ponta Grossa em 2 de agosto de 1886. Filha de Carlos Leopoldo Phillipowski e de Maria do Nascimento Branco Philipowski, esta natural de Sorocaba – SP e casados em Ponta Grossa na matriz de Santa Ana em 5 de fevereiro de 1880. A educação dos filhos foi na fazenda, se efetivando com professores particulares contratados, geralmente estrangeiros, que passavam a residir na fazenda.

O currículo dava ênfase às artes (música e pintura), ao ensino das línguas (Alemão e Frances) assim como leituras de literatos da época, José de Alencar, Machado de Assis, Rimbaud e Baudelaire, Victor Hugo que foram as influências fundamentas da poesia e prosa de Anita.

Poetisa, prosadora, contista, novelista, fez parte do grupo das primeiras animadoras das letras femininas no Paraná. Destruiu quase todas as suas produções literárias, entre as quais existiam várias novelas inéditas. Os poucos poemas que conseguimos dão ideia da força e da beleza dos seus versos. Colaborou em jornais e revistas, principalmente no período de 1910 – 1940: A Bomba, Diário da Tarde, Fanal, Revista do Povo, Ilustração Paranaense, Prata da Casa Curitiba, Folha Rósea (Ponta Grossa), Correio de Botucatu, Diário de Sorocaba – SP e outros. Faleceu em Ponta Grossa em 30 de março de 1967.

 

rosa

 

O Soldado que Não Voltou

 

Era um muro todo fechado

e aqui e ali esborcinado

de tão antigo que mostrava ser.

E no lanço dessa vedação

estendia seus galhos e suas flores

uma rósea rosa trepadeira.

 

Daquela avoenga mansão

tão espaçosa quanto hospitaleira

era uma das coisas mais bonitas

esse muro vestido de roseira.

 

E nessa vetusta habitação

Centenária. Cheia de poesia.

Era ali que com meus pais residia.

Um soldado ora na guerra,

oficial era. Posto de Tenente

e tinha por nome Aristeu

 

E mais, nesse dia alguém ouviu.

Estava cheia de flor…Nesse dia

veio uma nova para o solar.

 

Há notícias que vem envoltas em crepe.

Tem a gente, ao receber, essa impressão.

 

Rachou-se a frente do casarão.

Dó.

E mais, nesse dia alguém ouviu

a mãe do Expedicionário soluçar:

– Deus!…Meu Deus!… Era só ele!

Perdão, Senhor!

Eu tinha um filho só!

 

E agora…

No seu consolo o galgo malhado

que tinha sido o enlevo do soldado

uiva baixinho em tom magoado.

Volvendo o seu dorido olhar,

para cima, para a região azul,

onde os que morrem pela Pátria vão morar,

a saudade ali está. Chora, parece

nos olhos do fiel animal.

 

E é como coisa

que chorasse a reclamar humildemente

– Aristeu!

Onde está você, Aristeu?

E mais, agora

de tanta flor aberta que tem,

a roseira, todinha cor de rosa,

sorri um sorriso dessa cor

e, não podendo enviar suas flores

para o cemitério de Pistoia,

manda um róseo sorriso para o Céu.” Anita Phillipowski – Um Século de Poesia

                                                                            Centro Feminino Paraense de Cultura 1959 (1953)

 

Leia Mais

Empreendimentos que atendem necessidades básicas da população são os que mais devem crescer em 2017.

Por Leonardo Grisotto

Crise econômica, aumento do desemprego e redução de crédito redefinem prioridades populares

Que 2016 foi um ano difícil todo mundo sabe, e o comércio foi um dos mais afetados pela crise. Uma pesquisa realizada pelo Serasa Experian mostra que o setor de varejo teve seu pior resultado desde o ano 2000. O que muitos não sabem é que os empreendimentos que atendem necessidades básicas da população são os que mais devem crescer em 2017.

Um levantamento realizado pelo Sebrae avaliou o comportamento da economia brasileira, bem como o perfil das novas empresas abertas no país e concluiu que 2017 será um ano promissor para a área de serviços. Mesmo com a crise, a população não deixará de consumir, no entanto está reavaliando suas prioridades e optando por gastos menos supérfluos – o reparo de produtos, por exemplo, substitui a compra de novos modelos, o que engloba desde eletrodomésticos e roupas até veículos. Diante dessa nova realidade de mercado, empresários devem reavaliar sua oferta, se conectar melhor com a demanda, oferecer valor e reduzir custos desnecessários, não valorizados pelo cliente.

Ainda de acordo com o Serasa, as empresas que oferecem serviços e produtos que prometem reduzir custos operacionais também devem prosperar neste ano. Entre os setores mais promissores estão o de alimentação, saúde, construção, produtos inovadores (aqueles que permitem aumentar a eficiência e produtividade, por exemplo), estética e beleza, serviços especializados (comunicação, gestão empresarial) e de reparo e manutenção.

Mesmo diante de um cenário de incertezas políticas e econômicas, há queda de inflação e um governo tentando acalmar os ânimos do mercado. O mais importante e vital para a saúde financeira de uma empresa nos dias atuais é rever seu posicionamento, enxugar ineficiências, melhorar a produtividade e focar no nicho que melhor se adequa ao seu produto: em tempos conturbados o ideal é ser excelente em poucas coisas.

Leia Mais