Em momentos de crise, vale pensar “pequeno”

Por Tatiana Girardi

A vibração que tenho mais sentido, desde antes desse novo ano começar, é de queixas, medos, desconfianças, inseguranças e tudo o mais que só uma crise é capaz de gerar. E é essa a levada que gira em torno das conversas entre amigos, bate-papos em elevadores, nos cafés, nos jornais, na internet, nas redes sociais: crise, crise, crise. Como se comentar e se contaminar com essa energia da crise adiantasse de fato alguma coisa!

Refletindo sobre, comecei a acreditar que nesses momentos, não tão positivos, talvez valha pensar “pequeno”. Em que sentido? Pensar no que está perto, no que é realmente possível fazer no nosso entorno, ou seja, ajudarmos mutuamente quem está mais próximo, seja indicando ou trocando serviços, seja dando uma carona, seja estendendo uma mão amiga, mas para quem está perto, pensando perto. Pois pensar “grande”, pensar no longe e esperar a crise passar para fazer algo maior e mais impactante, talvez seja frustrante e não gere frutos.

 

Fonte da Imagem: Trevisart

Fonte da Imagem: Trevisart

Isso também vale para filtrar as notícias que chegam até nós, pois se ligarmos nossas antenas somente aos fatos negativos, a crise pode se apoderar ainda mais.

“Quando escrito em chinês a palavra crise compõe-se de dois caracteres: um representa perigo e o outro representa oportunidade.” John Kennedy

Que tal enxergarmos a crise atual do país como uma oportunidade de pensarmos pequeno? De fazer diferença em nosso entorno?

Leia Mais

Fórum do Empreendedor Digital apresenta conteúdo exclusivo para lojistas online

Por VTEX DAY

Pequenos e médios lojistas já podem se programar para as novidades do mercado durante o Fórum do Empreendedor Digital, no dia 31 de maio, a partir das 9h, no São Paulo Expo. O encontro é uma das atrações do VTEX DAY, maior evento de varejo multicanal da América Latina, e faz parte das iniciativas dos organizadores em complementar cada vez mais suas atrações, de acordo com as necessidades específicas de cada público.

Em sua segunda edição, o Fórum do Empreendedor Digital, uma iniciativa da Loja Integrada, plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do Brasil, trará aos empreendedores mais de oito horas de conteúdo exclusivo, incluindo temas como: Segredos para ser empreendedor, Planejamento financeiro para e-commerce, Marketing de conteúdo para aumentar faturamento e Estratégias para vender em grandes marketplaces, entre outros assuntos.

150x70xUma-pagina-lucrativa-que-funciona-mesmo-tenha-um-blog.jpg.pagespeed.ic.80HuzgzEox
Com a expectativa de reunir 1.000 empreendedores, o evento terá entre os palestrantes: Gustavo Caetano, CEO da Samba Group; Tânia Gomes,  CEO da 33 e 34; Fabiano Nagamatsu, do Sebrae; Eder Paes, CEO do Integrando.Se; Flávia Marcon, gerente de marketplace do Mercado Livre; e Thiago Maia, Diretor Comercial da Netshoes.  O jornalista e humorista Rafael Cortez será o mestre de cerimônias.  A programação completa está no site do Fórum.

“O Fórum é a oportunidade para que os empreendedores possam trocar informações de mercado com outros empresários e absorver a experiência dos cases apresentados, além de fazer networking, explica Alessandra Scano Hypolito, Head do VTEX DAY e Diretora de Eventos da VTEX. O objetivo é levar informação de qualidade aos lojistas, uma vez que a previsão é que o comércio eletrônico fature US$ 18,7 bilhões em 2017, segundo o site de pesquisa Statista. “Por isso é muito importante que as pequenas e médias lojas virtuais estejam preparadas para escalar”, finaliza Alessandra.

Serviço

Evento: Fórum Empreendedor Digital

Quando: 31 de maio, a partir das 9h
Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, São Paulo
Mais Informações: http://www.vtexday.com/ – http://forumempreendedordigital.com.br/

Ingressos: http://ingressosvtexday.vtex.com/    

Sobre o VTEX DAY

O VTEX DAY é maior evento de varejo multicanal da América Latina. Desde a sua primeira edição, em 2013, já reuniu 400 palestrantes e 21.000 participantes. Voltado para varejistas e fornecedores de soluções para o varejo multicanal, discute tendências, inovação e desafios do setor, fomentando o ecossistema e, principalmente, propiciando a geração de novos negócios.

Sobre a Loja Integrada

A Loja Integrada é uma plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do Brasil, com mais 400 mil lojas e ganhadora do prêmio Ebit – Melhor Plataforma para PMEs. Diferenciais como facilidade de gestão, páginas customizadas e recursos inteligentes de vendas tornaram a Loja Integrada como uma das maiores plataformas de e-commerce da América Latina.
INFORMAÇÕES À IMPRENSA

OLIVER PRESS

Juliana Oliveira / (11) 98398-5307 / juliana@oliverpress.com.br

Vanessa Costa / (51) 98274-4949 / vanessa@oliverpress.com.br

Elaine Tessarolo / (11) 99996-7938 / elaine@oliverpress.com.br

 

Leia Mais

Movimento Mulheres do Brasil terá seu lançamento em Curitiba

Por Empreendedorismo Rosa

O Movimento Mulheres do Brasil (MDB) será oficialmente lançado em Curitiba na tarde de quarta-feira,  dia 31/05 na FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná.  Uma palestra ministrada pela empresária Luiza Trajano, da rede varejista Magazine Luiza e por Maria Fernanda Teixeira ex- presidente da First Data do Brasil, empresa líder global em transações eletrônicas para o segmento financeiro

A empresária Regina Arns, presidente do MEX – Espaço Mulheres Executivas, quem  irá liderar o movimento no Estado do Paraná tendo na co-liderança Margaret Groff, ex – Diretora da Itaipu.   Regina, na ocasião,  apresentará as líderes dos núcleos que serão desenvolvidos nesta primeira fase. Um dos núcleos será o de Empreendedorismo, que estará sob a liderança de nossa Fundadora, Lênia Luz.

Fonte da Imagem: MDB

Fonte da Imagem: MDB

 

O Movimento Mulheres do Brasil, é uma iniciativa criada pela empresária  Luiza Trajano, desde 2013 na cidade de São Paulo e, desde então, vem  ganhando braços em outros Estados. Atualmente, aproximadamente 3 mil mulheres em todo país integram o grupo.

 “Esse é um movimento apartidário e eu acredito que, através da sociedade civil, nós vamos trazer transformações dos nossos sistemas – explica Luiza – ao pontuar que as integrantes do movimento já lideram 12 frentes de trabalho no território nacional.” 

A conquista mais recente do movimento, afirma a empresária, foi a aprovação no início de março, no Senado, de um projeto de lei que institui cotas femininas em conselhos de administração de empresas públicas. Agora, o projeto precisa ser estudado e votado pela Câmara dos Deputados.

“A cota é um processo transitório para diminuir a desigualdade. Depois de dois anos de muita luta, de mulheres indo para Brasília e conscientizando, não brigando, mostramos a importância do projeto para os senadores “ comemora Luiza.

Sônia Hess, presidente da Lide Mulher e ex-presidente da Dudalina, afirma que além das causas sociais, o MDB também apoia ações empreendedoras e de políticas públicas.

Se você tem interesse em saber mais sobre este  movimento e quer ter uma tarde de boa pROSA e muito networking, inscreva-se AQUI.

O evento é gratuito e as vagas são limitadas.

Esperamos você para FAZER ACONTECER com a gente!

AGENDA:

Dia: 31/05/2017

Horário: a partir das 17h

Local: FIEP- Federação das Indústrias do Estado do Paraná – Curitiba – Paraná

Inscrições:  https://www.sympla.com.br/pr—reuniao-nucleo-parana__141457

 

 

 

Leia Mais

VTEX DAY 2017 reunirá os principais especialistas do varejo multicanal. 

Por VTEX DAY 2017

O maior evento de varejo multicanal da América Latina, o VTEX DAY2017 reunirá os principais especialistas do setor para abordar as tendências e inovações do omnichannel. Pela primeira vez, o evento acontecerá em dois dias, 30 e 31 de maio, em São Paulo, e deve receber 10 mil participantes.

Reconhecido pelo conteúdo e pelos cases nacionais e internacionais que apresentam um panorama global do mercado, o VTEX DAY destacará temas e tecnologias como big data, chatbot, mídia programática, mobile payment, os desafios de se iniciar uma operação internacional, integração de pagamento online e off que elevam a experiência de compra entre o varejista e o consumidor em diversos canais.

“O VTEX DAY é o ponto de encontro do mercado para os profissionais que buscam construir parcerias de valor para suas empresas e, principalmente, gerar novos negócios durante o evento”, explica Mariano Gomide, Co-CEO da VTEX.

VTEX-DAY-2017AAEAAQAAAAAAAAgIAAAAJDYxMjM0NjlhLWU4MTItNGMxZC1hNjUyLWY4ZTAwMjI1ZTM2Mw

Palestrantes

A qualidade dos palestrantes é uma das marcas do evento. Neste ano, já estão confirmadas as presenças de Richard Branson, fundador do Grupo Virgin; Zia Daniell Wigder, Chefe de Conteúdo Global do Shoptalk; Chau Banks, Vice-Presidente Executiva da New York & Company; Neil Patel, Co-Fundador da CrazzyEgg; Lincoln Murphy, Customer Success da Driven Growth; Patricia Jebsen, Presidente da Câmara Argentina de Comércio Eletrônico (CACE); Thiago Maia, Diretor Comercial do Grupo Netshoes e Patricia Amaro, Diretora de E-commerce para América Latina da Unilever, além dos co-CEOs da VTEX, Mariano Gomide e Geraldo Thomaz.

“Como nosso tema é o multicanal, todo conteúdo e as tecnologias dos expositores foram pensados com o objetivo de oferecer aos participantes o que há de melhor para o varejo virtual e físico. Nosso objetivo é mostrar as boas práticas de vendas e gestão que podem ser aplicadas nos negócios aqui no Brasil e em toda América Latina”, explica Alessandra Scano Hypolito, Head do VTEX DAY e Diretora de Eventos da VTEX.

Em sua quinta edição, o VTEX DAY terá ainda o Fórum do Empreendedor Digital, que chega neste ano ainda maior, contando com a participação de Rafael Cortez, Jornalista e Apresentador, Gustavo Caetano, CEO da Samba Group, Tânia Gomes, CEO da 33 e 34, Fabiano Nagamatsu, Sebrae, além de uma área de exposição que contará com mais de 120 empresas especializadas do setor, apresentando as mais diversas soluções para o segmento multicanal.

No encerramento do evento, os conferencistas terão a oportunidade de assistir a um show exclusivo da cantora Ivete Sangalo. “Escolhemos a Ivete porque, assim como a VTEX, ela é brasileira e leva o Brasil para o mundo todo, representando muito bem nosso país”, finaliza Alessandra.

Entre os patrocinadores do VTEX DAY 2017 estão: B2W Marketplace, PagSeguro, B2W Services, Cielo, Elo, Mercado Livre, Mercado Pago, PayU, Synapcom, Walmart.com e Correios e apoio do Empreendedorismo Rosa.

Confira a agenda completa no site: http://vtexday.vtex.com/

Para credenciamento à imprensa: juliana@oliverpress.com.br; elaine@oliverpress.com.br; vanessa@oliverpress.com.br

VTEX Day
Data: 30 e 31 de maio de 2017
Horário: dia 30, das 16h às 22h00; e dia 31, das 07h30 às 22h
Local: São Paulo Expo – Rod. dos Imigrantes, km 1,5
Ingressos: http://ingressosvtexday.vtex.com/

Sobre o VTEX Day
O VTEX DAY é maior evento de varejo multicanal da América Latina. Desde a sua primeira edição, em 2013, já reuniu 400 palestrantes e 21.000 participantes. Voltado para varejistas e fornecedores de soluções para o varejo multicanal, discute tendências, inovação e desafios do setor, fomentando o ecossistema e, principalmente, propiciando a geração de novos negócios.
Sobre a VTEX
Desde 1999, a VTEX se destaca por ter em seu DNA a inovação e o comprometimento com o aumento de lucratividade dos seus clientes. Pioneira em comercializar software como serviço (SaaS), com presença em 17 países e com mais de 2.000 clientes, a empresa tem em seu portfólio grandes marcas, como Ambev, Electrolux, O Boticário, Staples, Danone, Consul, Brastemp, Sony, Nestlé, Alpargatas entre outros. Atualmente, a VTEX possui um extenso portfólio de tecnologia para e-commerce. A plataforma VTEX é um poderoso software de OmniChannel Commerce que permite integrar todo o relacionamento com os consumidores em um único lugar.

Informações à imprensa:

VTEX uliana Oliveira / (11) 98398-5307 / juliana@oliverpress.com.br
Elaine Tessarolo / (11) 99996-7938 / elaine@oliverpress.com.br
Vanessa Costa / (51) 98274-4949 / vanessa@oliverpress.com.br

Leia Mais

O empreendedorismo do Elefante Cor-de-Rosa

Meu artigo de estreia para o Empreendedorismo Rosa não poderia ser mais sugestivo e completamente adaptável aos dias de hoje. Sabe aquela história e musiquinha do “Um elefante incomoda muita gente”? Pois bem, eu cheguei a conclusão que um elefante ROSA incomoda muito mais. Certamente algumas pessoas não vão entender logo de cara o que eu quero dizer, outras pessoas talvez vão criticar, e muitas outras vão se identificar com o meu ponto de vista.

                                      Fonte de Imagem: Google

Estou no Empreendedorismo Rosa há quase 6 meses, quando recebi o convite para ser colunista e compartilhar um pouco das minhas ideias sobre empreendedorismo, mercado de consumo e varejo, áreas no qual sou apaixonada e comecei a empreender com 15 anos de idade.

Sou uma jovem empreendedora nata, que não gosta de fazer média com ninguém, que fala sempre a real independente do aspecto político, e que, aliás, a analogia de “pisar em ovos” nunca foi a minha prática fiel, e eu acredito que sem querer deu muito certo, pois os meus atuais clientes, parceiros, amigos e meu time gostam muito desta minha característica.

Mas eu quero expor algo curioso que aconteceu comigo nesta trajetória aqui no Empreendedorismo Rosa. Logo quando comecei a abraçar o movimento e mais do que isso, quando comprei de verdade a ideia e causa do ER, até mesmo por acreditar que causas ligadas ao empreendedorismo feminino e até masculino deveriam fazer cada vez mais parte do sistema educacional brasileiro; logo que entrei para o grupo fiquei apaixonada pelo projeto e muito mais pelas pessoas, pela quantidade de histórias que conheci e aprendi, seja de mulheres ou de homens. SIM! Para quem não sabe, nós temos muitos homens envolvidos nesta causa. Mas voltando ao foco, como tudo nesta vida que é bom, sempre pode vir acompanhado também por algo não tão bom, eu comecei a incomodar. Verdade! Eu comecei mesmo a incomodar outros movimentos que existem e que ao invés de compartilharem, colaborarem e juntarem-se a nossa causa, optaram por criticar a nossa iniciativa ao projeto, que vamos deixar bem claro, somos todas colaboradoras que não ganhamos 1 centavo para defender e/ou ajudar a disseminar nosso maior objetivo: o empreendedorismo no Brasil.

Mas por ironia do destino, ou até por acaso, apesar de eu não acreditar em coincidências, eu achei bizarro que comecei a incomodar por fazer parte de um projeto tão importante, tanto quanto muitas outras iniciativas, só por carregar o nome ROSA na marca. E achei engraçado principalmente, porque eu mesma não uso uma peça de roupa ou acessório da cor ROSA há pelo menos 20 anos. Sabe, eu não gosto muito da cor, acho que minha mãe me vestiu tanto de rosa quando criança, que acabei enjoado e atualmente não uso ROSA.

Mas então, alguns devem se perguntar “Por que ela faz parte de um movimento de empreendedorismo chamado EMPREENDEDORISMO ROSA?”. É simples e eu faço questão de expor isso a todos. Eu acredito que independente do nome “rosa”, um empreendedor de verdade, deve excluir totalmente de sua vida pré-conceitos ou atitudes bobas no sentido de “quem aparece mais” ou então: “se você faz parte do clube x não poderá fazer parte do clube y”.  Eu aprendi, nestes últimos anos, que o mercado é tão grandioso e tão pequeno ao mesmo tempo, que a atitude da colaboração, trocas, experiências e engajamento precisam ser cada vez mais colocadas em prática.

Por outro lado, percebo que o assunto “empreendedorismo” virou modinha. Agora todo mundo quer empreender, virou quase carreira fashion onde a disputa nas passarelas é acirrada. Mas quero, posso e vou fazer a minha parte dentro do movimento Empreendedorismo Rosa, independente do nome ROSA e de qualquer moda ou crítica que eu possa receber e sabe por quê? Porque eu quero deixar a minha marca no mundo e compartilhar um pouco da minha experiência, de uma jovem que começou a empreender com 15 anos de idade e que nem sabia que isso se chamava empreendedorismo. De uma pessoa que descobriu na pele que empreender com muito dinheiro ou com a famosa síndrome do coitadinho é muito fácil, quero ver é empreender sem grana, sem grandes batalhas, com luta e garra para se atualizar, com estômago de avestruz para investir tempo e dinheiro em ideias e, além disto, correr atrás o tempo todo com coragem e força para realmente fazer a diferença na vida das pessoas e de toda uma sociedade, sem blá-blá-blá, jabá e principalmente, sem precisar matar ou corromper ninguém.

O meu maior objetivo aqui é dizer para você não se incomodar com críticas, porque elas vão fazer parte do seu dia a dia, principalmente quando a felicidade e o sucesso estão virando (ou já viraram) a esquina e são percebidos por outras pessoas que poderiam estar com você compartilhando, disseminando e aprendendo um pouco mais sobre atitudes colaborativas, no maior objetivo de “juntos somos mais fortes”.

Para fechar o meu artigo de estreia, vou deixar um recado: se você está empreendendo em qualquer área, com qualquer projeto, seja você homem ou mulher, não desanime nunca quando as críticas surgirem. Se alguém dizer que o seu projeto, atitude ou escolha de movimentos e causas, principalmente as que carregam o nome ROSA são ruins, encare isso como um superdesafio e oportunidade porque estas críticas podem alimentar a maior vantagem competitiva que qualquer empreendedor, empresário pode ter: coragem e vontade de fazer acontecer!

Independente de qual movimento, grupo, ideia, projeto, comunidade ou clube você faça parte, nunca se esqueça disto, e se for possível, tente integrar e se engajar com todas as pessoas e todos os movimentos que existem e que são sérios. Ah, e lembre-se sempre da famosa musiquinha: “Um elefante incomoda muita gente” e complemente cantando que: vários elefantes independentes da cor, sexo e perfil podem incomodar muito mais! O que importa é que a sua atitude de se engajar em causas reais e positivas pode te diferenciar no mercado.

Bia Rodrigues é especialista em diversos setores da cadeia de valor Brasileira e global, fundou o GCDV-GRUPO CADEIA DE VALOR. Pós-graduada em administração estratégia e negócios pela FIA USP, graduada em comunicação social e Marketing pela UNIB e ESPM. Idealizadora da Associação Brasileira de Jovens Consumidores coligada a fundação Procon. É conselheira técnica em associação e entidades de classe dos setores de tecnologias, varejo, indústrias, atacadistas, distribuidores e operadores logísticos. Faz parte da diretoria da Associação Brasileira de logística e é a member mais jovem da entidade americana NRF – National Retail Federation no Brasil, responsável por idealizar missões internacionais aos USA e importantes eventos para setores da cadeia de valor Brasileira.

Leia Mais

Não basta ser mulher, tem que ser ninja!

Por Regiane Rezende

Hã? Como assim?

Já foi estudado e comprovado, e não vou entrar em detalhes aqui, que a mulher tem a habilidade de ser mais multitarefa que o homem. Isto é, realizar suas tarefas “tudo junto misturado”.

Antigamente o único direito que a mulher tinha era ficar quieta no cantinho dela, mas os tempos mudaram e a mulher vem ocupando mais e mais espaço em todos os ambientes e níveis possíveis: abrindo negócio próprio, ocupando cargos em níveis maiores no mundo corporativo, na política, na sociedade, sustentando muita família sozinha etc.

Ao mesmo tempo em que estamos ganhando mais e mais espaço, estamos ganhando mais e mais responsabilidades, estamos ganhando mais e mais reconhecimento, estamos ganhando mais e mais dinheiro, estamos ganhando mais e mais cansaço, estresse, fadiga, noites mal dormidas, mau humor etc. Tá bom, tá bom, não vou generalizar, mas vejo uma boa parte das minhas amigas desesperadas com suas vidas e não sabendo como equilibrar todos os pratinhos em cima da vareta e o pior se colocando sempre em último lugar (ou nem se colocando em lugar algum).

Fonte: Pinterest

Tenho duas notícias para te dar, uma boa e uma ruim, qual você quer primeiro? Já ouviu isso? Eu normalmente peço a ruim primeiro, então vou te dar a ruim primeiro: se você é mulher, você provavelmente é multitarefa, e a boa notícia é que se você é mulher, provavelmente é multitarefa. Não entendeu nada? Calma, vou explicar: se você se colocar um uniforme com um SMM (Super Mulher Multitarefa) enorme estampado no peito e achar que vai conseguir fazer tudo, assumir tudo, dar conta de tudo, falar sim para tudo, desculpa minha amiga, mas você ficará SME (Super Mulher Estressada) em pouco tempo e isso poderá te prejudicar em muitas áreas da sua vida. Você vai pirar e de verdade. Essa é a notícia ruim. Agora se tiver a consciência que é multitarefa e:

1 – Organizar suas tarefas diárias, seja em um quadro, agenda, computador, o que você achar que se adapta melhor ao seu estilo,

2 – Saber dizer não para situações que não são prioridades, nem urgência, é só interrupção ou perda de tempo,

3 – E se colocar em primeiro lugar em todas as suas listas. Não, você não é egoísta, você está se dando o privilégio de pensar em você como prioridade em qualquer lista que faça. Egoísta é aquela pessoa que faz o outro atender seus próprios interesses.

Eu acredito que começará a equilibrar os pratos em cima das varetas e o principal, não precisará usar nenhuma técnica ninja de “iiiiiiiiáááááááá” e mandar tudo para o espaço.

Leia Mais