Fazer o que se ama para sempre! Por que não?

Por Pâmela Bressan

“Um belo dia, você olha pela janela e percebe que não é mais FELIZ fazendo o que faz! Então diversas vezes passou pela sua cabeça, uma louca vontade de se jogar numa nova área que seu coração vibra só de sentir essa nova sensação!”.

Muitas pessoas (com vários dons extraordinários!) estão na mesma profissão há alguns anos e o tédio está batendo na porta, e aquela pergunta que não quer calar clama por uma mudança: “Por que ainda estou fazendo isso?”.

Parece (ironicamente!) que fomos criados para a formação universitária e seguir aquela profissão para o resto da vida, como se o sistema condenasse e julgasse quem largar a sua carreira e se jogar em outra área. Mas ainda BEM que este paradigma está mudando!

Fonte da imagem: Google

Pois, quem escreveu em letras de forma grande numa placa: “NÃO PODEMOS MUDAR”? Ninguém! As pessoas tem medo de buscar autonomias para as normas existentes, medo de ser taxado de sonhador, iludido e fracassar.

Sabemos que a rotina é algo forte, que cria uma raiz intensa em nossas vidas, e cortá-las, é matar o padrão, o dito pelo senso comum: “muito bem, continue assim, fazendo algo mecânico e normal”, claro que se aventurar em novos campos é uma atitude ousada, mas é isso que irá trazer uma inovação para a sua vida!

Questione, pergunte, mude, para tudo existe mais de uma opção, então opte por AGIR fora da caixinha e viva a sua vida fazendo aquilo que seu coração vibra!

E se entediar novamente e se sentir infeliz, OUSE, MUDE, QUEBRE O SENSO COMUM! Não tenha medo do novo. Afinal,

“Suas únicas limitações são as que você estabelece em sua mente, ou que permite aos outros estabelecerem por você”.
Marcio Kuhne

0 Comentário

  1. emanuella.crf@gmail.com'
    Emanuella 4 de maio de 2014 21:11 Responder

    Amei essa mensagem! Falou muito comigo…

    Obrigada =)

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *

    2 + 1 =