Oficina do Brinquedo: Ana Banana

Um belo dia do mês de agosto, minha sobrinha Beatriz (de 8 anos de idade) me contou que estava separando brinquedos para doar. No seu quarto havia bonecas com as quais ela não brincava há algum tempo, e ela gostaria de distribuí-las a quem não fosse ganhar presente no Dia das Crianças. O problema, segundo ela, é que nem todas as bonecas tinham roupa e alguns dos demais brinquedos precisavam de limpeza e algum conserto.

Foto: Ana Banana

A atitude da Bia nos deu uma ideia. Sugerir a nossos amigos que incentivassem seus filhos a fazer o mesmo: separar brinquedos “esquecidos” para serem doados também. Quanto mais pais e filhos participassem, mais crianças poderiam ser beneficiadas com a nossa ação coletiva. E assim surgiu a Oficina do Brinquedo, com o objetivo de reparar, limpar, organizar e embrulhar brinquedos usados em bom estado de conservação, para que pudessem ser doados no dia 12 de outubro.

A Oficina do Brinquedo aconteceu nos dias 03 e 05 de outubro, nas dependências do Restaurante Ana Banana, em Curitiba. Foram arrecadados mais de 1000 brinquedos doados por clientes, amigos e desconhecidos, número que superou em muito nossa expectativa. Mães e filhos participaram não apenas trazendo doações, mas organizando, embrulhando e etiquetando cada pacote.

Montamos 302 embrulhos, alguns compostos por um único brinquedo outros por um “kit”, devido a diversidade e disparidade das arrecadações, para que todas as crianças ganhassem presentes equivalentes. Destes, 26 têm como destino o Lar André Valério Corrêa em Colombo, e 276 fizeram parte dos mais de 500 presentes entregues pelo Mutirão da Alegria a crianças carentes que vivem em ilhas da baía de Guaraqueçaba. Aqueles brinquedos que não conseguimos embrulhar por causa do grande volume de doações (aprox. 15%) foram entregues no Lar Criançarteira, em Curitiba, para compor o próximo bazar e ajudar na arrecadação de fundos para a instituição. Infelizmente cerca de 20% dos presentes arrecadados não puderam ser aproveitados em função do seu estado de conservação.

Fiquei muito feliz, não apenas pelo volume arrecadado, o que certamente fará a diferença para dezenas de crianças, mas também pelo entusiasmo que percebi nos olhos daquelas crianças ao escolherem os brinquedos para serem embrulhados durante a nossa Oficina. Esse é sem dúvida o melhor resultado, a oportunidade de desenvolvimento do senso solidário das nossas crianças. E um exemplo concreto de que uma iniciativa, por mais simples e pequena que pareça, pode ganhar corpo quando nos unimos para concretizá-la.

Expresso aqui o meu agradecimento a todos aqueles que de alguma forma contribuíram para o sucesso da nossa ação, em especial à pequena Bia. Que o sorriso no rosto de cada criança presenteada seja a inspiração para novas iniciativas como essa!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

dois × um =