Como criar hábitos produtivos!

Por Empreendedorismo Rosa

Diariamente somos chamados para criar rotinas e estabelecer hábitos, mas não necessariamente eles são produtivos.

Através da neurociência, é possível entender os mecanismos do funcionamento da mente e manejá-los rumo a qualidade de vida.

Entenda melhor o que são hábitos produtivos e como trazê-los para seu dia a dia através da pROSA com a personal organizer Tereza Cristina Karam  do Dica da Tere.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875 e vem ser FELIZ com a gente!

Fonte da Imagem: Paula Soares

Fonte da Imagem: Paula Soares

Leia Mais

#minhafilhanãoéumadoença

Por Lênia Luz

Gostaria de fazer de conta que está tudo bem e que esta “notícia” é só mais uma “piada sem graça”, mas como disse uma grande amiga minha: “Está puxado.”

Ontem depois de um dia power de trabalho, feliz com o que faço, voltando de um programa de empoderamento e autoliderança feminina com minha filha saudável, li esta MERDA toda no ar. Para quem não sabe ou não leu, a Justiça Federal do Distrito Federal liberou psicólogos a tratarem gays e lésbicas como doentes, podendo fazer terapias de “reversão sexual”, sem sofrerem qualquer tipo de censura por parte dos conselhos de classe. A decisão, do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, é liminar e acata parcialmente o pedido de uma ação popular. Esse tipo de tratamento é proibido desde 1999 por uma resolução do Conselho Federal de Psicologia. O orgão disse que vai recorrer.

eu e naty

Em um primeiro momento me emputeci, depois silenciei e na madrugada veio o choro. O choro de mãe, o choro da intolerância, o choro da impotência, o choro do medo. Pois hoje, ao contrário de quando minha filha era criança, não posso mais protegê-la das dores e ataques do mundo. Ela cresceu, lindamente, mas com atitudes como essas, ela corre SIM, o risco de ser atacada por algum maluco/a que “entenda” que ela é uma “doença” ambulante por aí. Ser apontada como uma aberração da natureza. Ser excluída de ambientes sociais por ter uma doença contagiosa. Ser chamada  por um “psicólogo/a” a participar de suas sessão de “reversão sexual”.

Sabem medo? Sim, eu senti  e estou com com medo e o que me resta é usar o que eu tenho como ferramenta, as redes sociais para dizer: ” Não, minha filha não é uma doença ambulante. Minha filha é meu bem maior, cidadã correta, profissional formada,  ética, amorosa, solidária que só quer ter liberdade de ser quem ela é: Uma mulher, homossexual e feliz! “

Se você quiser ajudar, compartilhe este posto e mais que isso assine o abaixo-assinado: «Homossexualidade não é doença! Repúdio à decisão da Justiça Federal do DF.» no endereço : http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR101981

Concordo com este abaixo-assinado e cumpro com o dever de o fazer chegar ao maior número de pessoas.

Se você concorda , assine também!

Beijos de uma mãe que SAIU do ARMÁRIO e não se calará diante do retrocesso social que estamos vivendo.

Leia Mais

Pare de correr riscos: organize seus ganhos e gastos!

Por Empreendedorismo Rosa 

 

Ter uma vida financeira organizada, saber quanto entra e quanto sai da conta, ter uma base financeira como reserva e poder se programar para gastos com viagens e cursos não é utopia nem mesmo uma missão impossível.

Quantas noites de sono são perdidas desnecessariamente devido uma vida financeira desastrosa e falta de controle de ganhos e gastos?

No evento Eu Feliz – 2º Edição você terá acesso às experiências, dicas e conhecimento da médica reumatologista,Vivian Botelho Coginotti , para parar de correr riscos com suas finanças pessoais, iniciar um planejamento financeiro e definitivamente realizar aquele sonho tão esperado!

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875 e vem ser FELIZ com a gente!

 

Fonte da Imagem : Paula Soares

Fonte da Imagem : Paula Soares

 

Leia Mais

Estratégia de Negócios para as Mídias Sociais

Por Empreendedorismo Rosa

Não basta apenas seu negócio ter uma página nas mídias sociais. Ela precisa estar ativa, comunicar o que faz, falar em que acredita, publicar conteúdos relevantes e ter seu posicionamento.

Para saber como marcar presença nas mídias, definir uma melhor estratégia de comunicação e saber qual a proposta de valor do seu negócio (e descobrir que proposta de valor não tem nada a ver com ganhar $$, pois vai muito além disso),e participe da pROSA com Taty Verri Rico da JobCloud.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875 e vem ser FELIZ com a gente!

Fonte de Imagem: Paula Soares

Fonte de Imagem: Paula Soares

Leia Mais

Criatividade na prática: use e abuse da SUA

Por Empreendedorismo Rosa

Quando se fala em criatividade, tende-se a pensar que uma pessoa criativa é um artista, um músico, um ator, um inventor. Isso na verdade é um preconceito.

Todas as pessoas são criativas! É uma habilidade humana que pode estar mais ou menos desenvolvida. Existem técnicas para despertar a nossa criatividade e fazê-la florescer.

Elizabeth Gilbert, por exemplo, autora de diversos livros (dentre eles, Comer, Rezar, Amar) relata que, de vez em quando, também precisa estimular sua criatividade. E para ela funciona tomar um banho demorado, organizar seu espaço de trabalho deixando-o limpo e aconchegante e acender uma vela perfumada.

É preciso reconhecer e valorizar o seu Eu Criativo.

Se você quer saber mais sobre técnicas para estimular a criatividade, não perca esta pROSA com Babi Stainsack da Mel e Limonada, no evento Eu Feliz – 2º Edição.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875  e vem ser FELIZ com a gente!

Fonte da Imagem: Paula Soares

Fonte da Imagem: Paula Soares

Leia Mais

Relacionamento com os Clientes além das Mídias

Por Empreendedorismo Rosa

As empresas e os empreendedores estão antenados em suas mídias digitais porque sabem que é lá que estão os seus clientes. Todos já sabemos que precisamos ter uma página do nosso negócio no Facebook e/ou Instagram. O site tem que oferecer conteúdo de qualidade e ser responsivo. A marca precisa ser apaixonante.

Mas, e depois que o cliente foi conquistado nas mídias e procurou pelo serviço ou produto, como ele está sendo atendido?

Será que o seu negócio está sabendo se relacionar com seu cliente quando ele sai das mídias sociais e vem pro “mundo real”?

Quando criamos uma marca apaixonante temos a responsabilidade de manter as expectativas que geramos nos nossos clientes também no relacionamento que se segue.

Na pROSA, Relacionamento com os Clientes Além das Mídias, a advogada Caroline Farias Dos Santos da Código Aberto  te ajudará a criar uma relação duradoura e apaixonante com seus clientes.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875 e vem ser FELIZ com a gente!

Fonte da Imagem: Paula Soares

Fonte da Imagem: Paula Soares

Leia Mais