Estratégia Feminina

Estou estreando hoje, com muito carinho, como colunista no Empreendedorismo Rosa. Espero poder contribuir de alguma forma para essa iniciativa da qual sou admiradora.

Fonte da imagem: portaldebranding.com

Estamos no mês de julho iniciando o segundo semestre de 2013. Nesta época, faço meu trabalho de reflexão acerca do primeiro período do ano e começo a trabalhar na estratégia para o próximo semestre e ano. Busco sempre, nessa ocasião, me inspirar em alguma leitura que me apoie em minhas decisões. Este ano, iniciei a leitura de um livro chamado O Estrategista, da escritora Cynthia Montgomery. De maneira concisa, essa autora explica como a estratégia e execução devem andar de mãos dadas, além de citar muito a questão do foro íntimo do executivo.

No livro, ela cita que todo mundo sabe que é a estratégia que move um negócio. No entanto, nos últimos anos a função do estrategista foi retirada do topo da organização e deixada a cargo de especialistas terceirizados.

Para ela, a estratégia não é apenas uma ferramenta usada para vencer a concorrência, mas sobretudo um sistema de criação de valor: a maneira mais poderosa que um líder tem de moldar a própria empresa.

Por concordar com a escritora e estarmos nesta época do ano, resolvi escrever sobre o assunto. Acredito que as mulheres empreendedoras já têm esse espírito estrategista: somos mães, não conseguimos imaginar alguém pensando no futuro dos nossos filhos! Sabemos que por mais que nós e nossos colaboradores trabalhemos arduamente, por mais maravilhosa que seja a cultura da nossa empresa, por mais que nossas motivações ou nossos produtos sejam bons, se não tivermos uma estratégia com a nossa “alma”, como aquela que dedicamos com todo amor aos nossos filhos, todo o resto estará em risco.

Vamos pensar estrategicamente?

Fátima Rocha é Graduada em Ciências Contábeis pela ISES Clovis Bilaque e em Direito pela Universidade Gama Filho, atuou como contadora por muitos anos, antes de começar suas atividades como empreendedora. Após integrar a equipe administrativa de outros estabelecimentos, inaugurou, em sociedade com o marido, Júlio Dias, a primeira unidade da MegaMatte, em 1994.  Atuou como presidente da Associação Brasileira de Franchising no Rio de Janeiro – ABF-Rio, de 2011 a abril de 2013, entidade em que atua hoje como Presidente do Conselho Consultivo.

0 Comentário

  1. annacmeireles@gmail.com'
    Anna 22 de julho de 2013 10:25 Responder

    Não necessariamente por sermos “mães”, mas, por sermos mulheres, sim, temos uma visão global e estratégica do que acontece em nosso redor e com as pessoas que nos cercam.

    • araujo.mad@hotmail.com'
      Cristina Doudement 22 de julho de 2013 10:28 Responder

      Seja bem vinda!!! Muito bom o tema de sua estréia adorei a dica do livro e que vc tenha mt sucesso por aqui, amo visitar esse blog fico ansiosa para ver as novas postagem, já faz parte do meu dia a dia e já esta em minha barra dos favoritos rsrsr, sucesso sempre!!!!

      • Robertaagf@hotmail.com'
        Roberta 22 de julho de 2013 16:10 Responder

        Gostei da estréia, muito apropriado o tema. Obrigada!

        Deixe um Comentário

        O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

        *

        doze + quinze =