Maior evento de vendas multicanal da América Latina, VTEX DAY chega à 6ª edição e nós somos parceiros

Por VTEX DAY

Realizado pela VTEX, empresa líder global em cloud commerce, evento deve atrair mais de 12 mil pessoas para SP Expo entre os dias 14 e 15 de maio em São Paulo.

Mais uma vez somos parceiros neste super evento de negócios e  se você é leitora/leitor do Empreendedorismo Rosa, tem desconto na inscrição, basta usar o código: EMPREEROSA35OFF

A expectativa dos organizadores é atrair mais de 12 mil pessoas para o SP Expo Brasil, entre os dias 14 e 15 de maio. “Já temos grandes atrações confirmadas para a edição de 2018, incluindo palestras de alguns dos principais nomes do mercado digital”, diz Alessandra Hypolito, head do VTEX DAY. “Assim como nas últimas edições, quando tivemos tirolesa, futebol e show da cantora Ivete Sangalo, queremos manter o evento descontraído, mas com um conteúdo de alto nível”, complementa.

Nos anos anteriores, o VTEX DAY recebeu nos palcos do congresso personalidades conhecidas do Brasil e do mundo como Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do país, Andreas Weigend, ex-cientista chefe da Amazon, Richard Branson, empresário britânico e fundador do grupo Virgin, Paula Bellizia, presidente da Microsoft Brasil, e o apresentador de TV, Marcelo Tas.

Fonte da Imagem: Vtex Day

Fonte da Imagem: Vtex Day

 

A edição 2018 será dividida em duas datas, com um pré-evento que acontecerá em 14 de maio, com a abertura, lançamentos, keynotes e um coquetel na área Expo. No dia 15, os participantes poderão conferir todas as atrações, incluindo a participação de todos os expositores, o Fórum Empreendedor Digital focado em empreendedorismo, Tech Demos e a Conference com nove salas simultâneas, Startup Island e a festa de encerramento.

Os interessados podem comprar dois tipos de ingressos. O Expo dá acesso ao palco de Fórum Empreendedor Digital, VTEX Demo de lançamentos, VTEX Tech Demo focada no time de desenvolvimento, palco My Case, EXPO com mais de 160 estandes e a festa de encerramento. Com o ticket Conference, o público pode conferir a íntegra do VTEX DAY nos dois dias, com acesso a todas as salas de conteúdo disponíveis no evento.

Entre os expositores confirmados estão as marcas: Stone, Pag Seguro, Buscapé, Mercado Livre, Elo, Stelo, Amazon Web Services, Clearsale, Magazine Luiza

Clearsale, Magazine Luiza Market Place e mais 70 patrocinadores. Para mais informações sobre o evento e os ingressos acesse o link:http://vtexday.com/ e http://www.ingressosvtexday.vtex.com

Serviço:

VTEX DAY 2018
Data: 14 e 15 de maio
Local: SP Expo Brasil
Mais informações: http://vtexday.com/ e http://ingressosvtexday.vtex.com/

 

Sobre a VTEX DAY

O VTEX DAY é maior evento da América Latina do segmento de vendas multicanal. A primeira edição do evento aconteceu em 2013, realizado pela VTEX, empresa líder global em cloud commerce que reuniu mais de 1 mil pessoas para assistir as 40 palestras nos 3 espaços. Nos anos seguintes, o congresso dobrou de público e tamanho, com 3.400 participantes, mais de 80 palestras e 6 salas simultâneas em 2014 e chegando a 10.300 pessoas, 12 salas e mais de 150 palestras em 2017. O palco do evento reuniu nomes de peso do mercado digital e do cenário brasileiro como Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do país, Andreas Weigend, ex-cientista chefe da Amazon, Richard Branson, empresário britânico e fundador do grupo Virgin e Paula Bellizia, presidente da Microsof Brasil e o apresentador de TV, Marcelo Tas. A expectativa para 2018 é receber mais de 12 mil participantes.

Sobre a VTEX

A VTEX é a verdadeira plataforma Cloud Commerce™ no mercado de varejo digital com escala automática da infraestrutura elástica e cloud que aumenta as taxas de conversão, diminui os custos operacionais e gera fidelização com os consumidores. Utilizando de sua exclusiva tecnologia patenteada Smartcheckout™, uma segura e intuitiva ferramenta sem obrigação de criação de senha durante o processo, a VTEX é a melhor opção para o varejo digital. Empresas que utilizam VTEX observam em média 54% de aumento de conversão e redução significativa no abandono de carrinhos. A plataforma VTEX é utilizada por mais de 2.000 lojas virtuais em 20 países e possui clientes globais corporativos como Sony, Disney, Walmart, Danone, Whirlpool, Coca-cola, Lancôme, AVON e LEGO. VTEX é uma empresa presente no Quadrante Mágico da Gartner, no relatório de Comércio Digital 2017. VTEX é uma plataforma end-to-end, totalmente adaptável, omnichannel que mantém o passo no mesmo ritmo da evolução das expectativas dos clientes.

Visite http://pt.vtex.com. Conheça o blog para saber mais como aumentar suas vendas. Siga também no Twitter @VTEXTrueCloud.

 

MISASI RELAÇÕES PÚBLICAS

Atendimento: Janaina Cezar – janaina.cezar@misasi.com.br

Direção: Luiz de Queiroz – luiz.queiroz@misasi.com.br

Telefones: (11) 3046-9578

Celular: (11)94119-1207

Leia Mais

2018 já chegou!

Por Lênia Luz

Se você está entrando em dezembro com aquela conversa de que: Ainda bem que é dezembro, “Não aguento mais este ano”,” Acaba logo”, Não tenho mais forças para fazer nada”, aconselho a parar de ler este post agora.

Se decidiu continuar a ler, a música que me inspirou a escrevê-lo, foi essa AQUI, aumente o som e vem comigo!

Fonte: Paula Soares

Fonte da Imagem: Paula Soares

Primeiro , natural que estejamos com esta sensação de cansaço, afinal o ano de 2017 foi repleto de altos e baixos, certo? Mas ficar com este MIMIMI não nos levará a lugar algum. É hora de olhar para 2018 que já está aí nos sorrindo.  Sou aquela que acredita que ” quem sabe faz a hora não espera acontecer”, portanto hora de permanecer com as mãos na massa.

O fato é que como empreendedores, futuros empreendedores ou intraempreendedores, este é o momento de rever as estratégias, fazer o planejamento, alinhar parcerias e olhar com positividade para o horizonte que temos a nossa frente. Para isso precisamos de muito bom humor e boa energia, pois do contrário permaneceremos carregando o peso do “mas”, do “acho que”, “ deixa para ano que vem”, “depois eu faço” e assim por diante.

Ouvi dia desses em um de nossos treinamentos: “ Ah! mas só vou fazer depois do Carnaval. Pois todo mundo faz assim”.  OIIII? Como assim?  Caso você possa tirar férias ou uns dias de descanso, ótimo, aproveite! Mas nada de entrar na onda de que as coisas no nosso país só começam depois do Carnaval.  Hora de mudarmos esta cultura de “depois a gente faz”  para a cultura do “agora é que se faz”

Aqui  já começamos a viver o 2018  com a hashtag #NAMASTÊFODASSÊ2018 .  Te desafiamos a compartilhar conosco quais são as estratégias que está pensando e escrevendo para sua vida pessoal, empreendedora e intraempreendedora, para o novo tempo que começa HOJE.

Beijos de um dezembro de FELIZ ANO NOVO!

Em tempo: Aguardo seu email: contato@empreendedorismorosa.com.br e sua foto marcando o Empreendedorismo Rosa no Instagram com #NAMASTÊFODASSÊ2018  

Em tempo2: Dia 14/12 teremos nosso Happy Hour com pROSA com o tema: “NAMASTÊ-FODASSÊ: VENHA CELEBRAR 2017/2018 .

Juntas daremos as boas-vindas a 2018 e faremos com que 2017 siga em paz, afinal ele já cumpriu o seu papel.

Esperamos você para encerrarmos um ciclo e abrirmos outro com muito Namastê-Fodassê.

Segue a programação:

19h30 – Café de boas-vindas20h – Muito prazer, eu sou __________! ( Traga seu cartão e apresente-se )
20h30 – Um dedo de pROSA com a Fundadora do Empreendedorismo Rosa, Lênia Luz: ” Namastê-Fodassê 2017/2018″
21h30 – Momento eu mereço e brinde Doc Duo

Traga seu bom humor e boas ideias para compartilhar, esperamos por você!

* Você poderá comprar a camiseta para o evento, mediante encomenda prévia para entrega no dia. Enviaremos por email os modelos criados para sua escolha com a frase: “Namastê Fodassê”

Inscreva-se:https://www.sympla.com.br/namaste-fodasse-venha-celebrar-20172018-com-a-gente__217856

 

 

 

Leia Mais

Ciranda com pROSA na Semana Global de Empreendedorismo

Por Empreendedorismo Rosa

O Empreendedorismo Rosa uniu forças com mulheres de Curitiba e fará uma ação especial em celebração ao dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado no dia 19/11.  Esta será uma ação dentro da proposta da Semana Global do Empreendedorismo 2017.
 
A pROSA acontecerá no Hostel Roma, com a presença de 4 mulheres compartilhando suas histórias empreendedoras em 15 minutos, cada uma.
Depois abriremos a roda para que você interaja com elas através de perguntas que possam ajudá-la em seu fazer acontecer.
sge1
“A roda gira.
Gira a ciranda da vida!
Ciranda ROSA inspira e motiva a realizar!”
É o Empreendedorismo Rosa incentivando o empoderamento da mulher no Brasil!
Venha, venha com a gente rosear!

 

Leia Mais

Empreender e correr, tudo a ver!

Por Lênia Luz

E novembro chegou e com ele chega também a Semana Global de EmpreendedorismoUma semana criada em 2007 pelo ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown e pelo presidente da Kauffman Foundation na época, Carl Schramm, com o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender.

E é sobre este tema, Empreendedorismo, que abro o mês, compartilhando sobre o título deste post. Há uma semana me desafiei (assim como quando a gente começa a empreender) a fazer algo diferente e que me desse algum prazer, pelo resultado que busco. Busquei um grupo feminino de corrida para iniciar uma nova etapa de atividades físicas na minha ociosa vida no quesito cuidados com meu bem estar. Quem acompanha o Empreendedorismo Rosa sabe que atividade física não é minha praia, mas que este ano me encontrei no Arco e Flecha (acesse AQUI para saber mais). Porém, ele tem me dado um resultado mais na ordem de organização emocional do que no condicionamento físico, inclusive por me sentir sem este condicionamento que busquei o Grupo Corre Guria.

Além do encontro semanal que temos, tenho que seguir um cronograma de atividades semanais para chegar ao resultado que me propus. Só que durante a semana sou eu e eu; e confesso, esta primeira semana foi tensa. Para uma pessoa que está sem condicionamento algum, realizar qualquer atividade física é um sufoco, mas estou ciente que se eu não seguir o “planejamento” não obterei sucesso. Após cada treino realizado, dou um feedback à minha personal/mestra da corrida, Micheli Baptistim. Ela me orienta para a próxima atividade e me motiva a não desistir.

Pois bem, no terceiro treino da semana, eu já menos dolorida, porém ainda falando para minha mente e corpo que não adiantavam reclamar, pois a decisão já estava tomada, fiquei o tempo todo brigando entre o parar e o seguir. Ouvindo PINK  cantar: “We came here to run it, run it, run it, we came here to run it, run it, run it”  me veio a vida empreendedora em cena.

Fonte da Imagem: https://www.facebook.com/correguriaaa

Fonte da Imagem: https://www.facebook.com/correguriaaa

Quantas pessoas começam seu empreender por uma necessidade e não por uma oportunidade? E quantos começam por uma oportunidade e desenvolvem suas habilidades por uma necessidade? A cada volta que dava em meu percurso, lembrava de meu empreender diário. Tão cheio de tomadas de decisões, desconfortos, mudanças, insistência, persistência, apoio de outros para não desistir ou para continuar dando certo e dos meus poderosos 4 Fs ( foco , força, fé e foda-se).  Deparei-me com a realização que tenho com com minhas conquistas, ainda que por vezes pequenas aos olhos dos outros, mas gigantes para mim.

Correr e empreender seguem no mesmo ritmo para mim, uma dica de cada vez, um passo de cada vez, um tempo de cada vez, mas com um único propósito: conquistar meus objetivos e ser inspiração para os que me observarem ou juntos vierem comigo.

O fato é que não há caminho fácil para empreender, mas sim um caminho possível. Assim como na corrida!

Em tempo: Dia 19 de novembro celebramos o dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. E nós, do Empreendedorismo Rosa, faremos uma ação especial no dia 28/11 no Hostel Roma. Serão 4 pROSAS inspiradoras de mulheres que, como eu, como você, estão em uma corrida empreendedora em busca de suas conquistas.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/happy-com-prosa-especial—dia-mundial-do-empreendedorismo-feminino__208297

 

Leia Mais

Hoje o dia é das crianças e a reflexão é nossa!

Por Lênia Luz

Buscando algo inspirador para a comemoração do Dia das Crianças, encontrei um texto maravilho de meu escritor preferido, Rubem Alves. Tive a grata alegria de conhecer em Campinas o Café Bistro Rubem Alves .

Quando lá cheguei parecia uma criança que acabaram de ganhar o brinquedo tão sonhado. Sim, estava em um espaço que me remeteu a memórias, sentimentos, aprendizagens e muitas emoções advindas das leituras feitas de seus livros e de momentos que pude escutar a sabedoria deste grande mestre ao vivo e a cores. Assim se comportam as crianças que ainda vivem em nós, quando são despertadas por algo que as emociona, não se importam com o “MICO ou KING KONG”, simplesmente vão lá e se divertem.

E é nesta vibe das boas emoções que compartilho o texto que segue abaixo.

 

_MG_7765

                                                                   

“…O melhor de tudo são as crianças…” Rubem Alves

“Convidaram-me a participar de um congresso sobre educação, na Itália. Fui. Esperava que fosse igual aos muitos congressos de que já participei: conferencistas famosos, pedagogos, filósofos, professores, educadores, políticos, todos explicando teorias sobre a educação. Assim é porque aqueles que comparecem a congressos são sempre adultos. Mas uma surpresa me aguardava: o congresso estava cheio de crianças. Se são as crianças que vão ser objetos da educação é absurdo pensar sobre o que se vai fazer com elas sem que elas sejam ouvidas. Lá estavam elas, misturadas com os adultos. Fiquei com inveja delas e saudades do meu tempo de criança. Fiquei fascinado pela oficina para se fazer brinquedos, com serras, martelos, morsas, alicates, papéis, barbante, cola, carretéis, elásticos, madeira, etc. Aí vi que as crianças de qualquer parte do mundo podem se entender porque os brinquedos, como a música, são uma linguagem universal que não necessita de palavras. Os jogadores de xadrez jogam xadrez mesmo se falam línguas diferentes. Crianças de países diferentes podem, juntas, armar quebra-cabeças, jogar pião, empinar pipas, pular corda…

Eu não falo italiano. Estava lá, andando invejoso entre os meninos. Aí um jovem, vendo meu sorriso de inveja, sem dizer uma palavra, veio empurrando um carrinho de rolemã e simplesmente me fez um gesto. Assentei-me no carrinho e lá fui eu, empurrado pelo jovem, correndo como se fosse piloto de fórmula 1, rindo de felicidade. E percebi que andar num carrinho de rolemã me dá mais prazer que guiar automóvel. Quando guio um automóvel sou adulto. Quando ando de carrinho de rolemã sou criança. Só tive uma reclamação a fazer: é que os carrinhos de rolemã são feitos para crianças – o que revela um miserável preconceito. Por que não carrinhos de rolemã tamanho adulto? Por acaso os adultos não têm direitos? Por acaso eles estão proibidos de entrar no mundo das crianças? E não se fala tanto em “inclusão”? Eu quero ser incluído no mundo das crianças. Exijo os meus direitos. Pena que lá não houvesse balanços, um dos meus brinquedos favoritos. Balanços, pra existir, precisam de árvores grandes com galhos fortes ou armações de madeira. E lá não havia nem uma coisa nem outra. É impossível balançar sem se sentir leve e com vontade de rir. Balanço é terapia contra depressão. Lembrei-me do que disse Nietzsche: o Diabo nos faz graves, solenes, pesados; faz-nos afundar. Deus, ao contrário, dá leveza e nos faz flutuar. Concluo, então, que o balanço é um brinquedo divino, por aquilo que ele faz com a gente. Balançar num balanço é um forma de rezar, de estar em comunhão com Deus.
Os brinquedos dão prazer. Os brinquedos fazem pensar. Quer ver? Você sabe que, sem ter ninguém que o empurre, você pode fazer o balanço balançar alto, até fazer o pé tocar na folha do galho, pela simples alternância da posição das pernas, prá frente e prá trás. Eu lhe pergunto então: por que é que essa alternância na posição das pernas, sem encostar em nada, produz o movimento do balanço? E o ioiô? Participei de um congresso sobre brinquedos, na Bahia. Havia uma infinidade de brinquedos em exposição. De alguns, apenas as fotografias. Como, por exemplo, pipas do tamanho de uma casa, pesando quinhentos quilos. E a fotografia de um mosaico grego, de antes de Cristo. Pois nesse mosaico aparecia um grego jogando ioiô! Nunca imaginei que os ioiôs fossem tão antigos! Pergunto: o que é que faz com que o ioiô vá para baixo e para cima? E que dizer dos quebra-cabeças? Quantas funções intelectuais altamente abstratas entram em jogo enquanto se monta um quebra-cabeças! E as bolhas de sabão! Me explique, por favor: por que é que elas são tão redondinhas? Quem joga sinuca aprende, intuitivamente, as leis da composição de forças. E os piões: por que é que se equilibram sobre um prego?

Lá no congresso na Itália parei diante de um quebra-cabeças, dois pregos entrelaçados que, se se pensar bem, podem ser separados. Fiquei longos minutos lutando com os ditos pregos. E pensei: Que coisa mais estranha! Não vou ganhar nada se conseguir separar os dois pregos. O que é que faz que eu esteja aqui, perdendo o tempo e quebrando a cabeça? A resposta é simples: pelo desafio. Todo brinquedo bom é UM desafio. E isso nada tem a ver com esses brinquedos eletrônicos comprados, em que não se usa a inteligência mas apenas o dedo para apertar um botão. Brinquedo bom tem de ser desafio. Brinquedo bom tem de fazer pensar.

É possível que você tenha comprado brinquedos para os seus filhos. Mas sugiro que aquilo que seu filho ou filha mais deseja é ter você como companheiro de brinquedo. Não me esqueço da imagem triste de um pai, numa manhã de domingo, empurrando o filho no balanço com a mão esquerda enquanto lia o jornal que segurava com a mão direita. Para aquele pai, brincar com o filho era um sacrifício. Para ele o importante eram as notícias do jornal. A infância passa rapidamente. Logo logo a única coisa que restará será o jornal na mão direita e o vazio na mão esquerda.

No congresso distribuíram um página com os “Dez Direitos Naturais das Crianças” que quero compartilhar com vocês.

“1. Direito ao ócio: Toda criança tem o direito de viver momentos de tempo não programado pelos adultos.

2. Direito a sujar-se: Toda criança tem o direito de brincar com a terra, a areia, a água, a lama, as pedras.

3. Direito aos sentidos: Toda criança tem o direito de sentir os gostos e os perfumes oferecidos pela natureza.

4. Direito ao diálogo: Toda criança tem o direito de falar sem ser interrompida, de ser levada a sério nas suas idéias, de ter explicações para suas dúvidas e de escutar uma fala mansa, sem gritos.

5. Direito ao uso das mãos: Toda criança tem o direito de pregar pregos, de cortar e raspar madeira, de lixar, colar, modelar o barro, amarrar barbantes e cordas, de acender o fogo.

6. Direito a um bom início: Toda criança tem o direito de comer alimentos sãos desde o nascimento, de beber água limpa e respirar ar puro.

7. Direito à rua: Toda criança tem o direito de brincar na rua e na praça e de andar livremente pelos caminhos, sem medo de ser atropelada por motoristas que pensam que as vias lhes pertencem.

8. Direito à natureza selvagem: Toda criança tem o direito de construir uma cabana nos bosques, de ter um arbusto onde se esconder e árvores nas quais subir.

9. Direito ao silêncio: Toda criança tem o direito de escutar o rumor do vento, o canto dos pássaros, o murmúrio das águas.

10. Direito à poesia: Toda criança tem o direito de ver o sol nascer e se pôr e de ver as estrelas e a lua.” E aí eu pedi às crianças licença para acrescentar o décimo primeiro direito: “Todo adulto tem o direito de ser criança…”

Desejo que você, nesse “Dia das Crianças”, redescubra a delícia que é ser criança. Porque, como disse Fernando Pessoa, “Grande é a poesia, a bondade e as danças… Mas o melhor do mundo são as crianças”. ”

Abreijos de feliz seu dia!

Leia Mais

Hoje é dia do Empreendedor

Por Empreendedorismo Rosa

Fonte da Imagem: Empreendedorismo Rosa

Fonte da Imagem: Empreendedorismo Rosa

No dia 05 de outubro é comemorado o Dia do Empreendedor no Brasil e, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, de janeiro a junho de 2017 surgiram 902.290 novas empresas de MEIs, do total de 1.142.641 companhias criadas no País no período, o que representa 10,5% a mais do que o registrado no mesmo primeiro semestre de 2016.

O empreendedorismo responde então por uma fatia cada vez maior do setor produtivo nacional, 79% das empresas que surgiram no país de janeiro a julho deste ano foram criadas por microempreendedores individuais (MEIs).

Hoje comemoramos o dia daqueles que fazem a economia de nosso País se desenvolver e crescer.

Parabéns , Empreendedor!

Leia Mais