4ª Reunião Geral do Grupo Mulheres do Brasil no Paraná.

Por Empreendedorismo Rosa

O lançamento do Grupo Mulheres do Brasil aconteceu no dia 31/05 aqui em Curitiba e foi um sucesso. A partir deste encontro ficou definido que o Núcleo de Expansão do Paraná que vem se reunindo para o planejamento de ações nas seguintes causas abaixo:

Comitês Regionais Paraná:

  • Empreendedorismo : Líder Lênia Luz e Colíder Gina Paladino
  • 80 em 8: Líder Regina Arns e Colíder Margaret Groff
  • Combate à Violência Contra a Mulher: Líder Sandra Lia Bazzo Barwinski e  Colíder Camile Vieira da Costa
  • Educação : Líder Adrina Karan e Colíder Fabiana Campos
  • Políticas (PPP) : Líder Nilva Pasetto e Colíder Laurita Utrabo

 

 

O  Núcleo do Grupo Mulheres do Brasil, em Curitiba, realiza sua quarta reunião mensal, dia 25 de setembro, às 17h, no auditório Caio Amaral da FIEP – Federação das Indústrias do Paraná, gratuito e aberto a todas as mulheres da cidade e região.

O evento pretende lançar um debate sobre a ausência da mulher nos espaços de poder e seus efeitos para a sociedade brasileira e terá como convidada Raquel Preto, advogada tributarista e empresarial e líder do Comitê de Combate à Violência do Grupo Mulheres do Brasil.
“O homem está sempre em posição de predominância em todos os ambientes de poder. Enquanto não houver uma ruptura disso, não seremos um país democrático”, afirma Raquel, que defende a necessidade de instituição de uma política concreta e afirmativa que garanta a presença de mulheres em cargo de decisão, seja no setor privado ou no setor público.

O Núcleo do Grupo Mulheres do Brasil, em Curitiba, foi lançado em maio deste ano. “O movimento reúne mulheres de vários segmentos e classes sociais que têm, em comum, o propósito de serem protagonistas na construção de um país melhor. Durante os encontros, discutimos temas e propomos ações ligadas às áreas que elegemos prioritárias”, dizem Regina Arns e Margaret Groff, líderes do grupo em Curitiba.

mdb

Sobre o Grupo Mulheres do Brasil

O Grupo Mulheres do Brasil foi criado em outubro de 2013 por 40 mulheres executivas de diferentes setores. Sob a liderança da empresária Luiza Helena Trajano, presidente da organização, almeja ser o maior bloco de mobilização política apartidária do Brasil. Entre suas frentes de atuação estão educação, saúde, empreendedorismo feminino, combate à violência contra a mulher e igualdade racial.
Atualmente, o grupo contém mais de sete mil participantes no Brasil e no exterior, em países como Portugal e Holanda. Suas integrantes são mulheres de diferentes classes, origens e profissões, que lutam por um país mais justo e com igualdade de oportunidades para homens e mulheres.

 

Quarta Reunião Mensal – Núcleo Grupo Mulheres do Brasil em Curitiba
Data: 25 de setembro, às 17h.
Local: Auditório Caio Amaral, na FIEP.
Av Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico – Curitiba/PR.
Entrada: Gratuita

 Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/iv-reuniao-grupo-mulheres-do-brasil—nucleo-parana__189137

 

 

Leia Mais

#minhafilhanãoéumadoença

Por Lênia Luz

Gostaria de fazer de conta que está tudo bem e que esta “notícia” é só mais uma “piada sem graça”, mas como disse uma grande amiga minha: “Está puxado.”

Ontem depois de um dia power de trabalho, feliz com o que faço, voltando de um programa de empoderamento e autoliderança feminina com minha filha saudável, li esta MERDA toda no ar. Para quem não sabe ou não leu, a Justiça Federal do Distrito Federal liberou psicólogos a tratarem gays e lésbicas como doentes, podendo fazer terapias de “reversão sexual”, sem sofrerem qualquer tipo de censura por parte dos conselhos de classe. A decisão, do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, é liminar e acata parcialmente o pedido de uma ação popular. Esse tipo de tratamento é proibido desde 1999 por uma resolução do Conselho Federal de Psicologia. O orgão disse que vai recorrer.

eu e naty

Em um primeiro momento me emputeci, depois silenciei e na madrugada veio o choro. O choro de mãe, o choro da intolerância, o choro da impotência, o choro do medo. Pois hoje, ao contrário de quando minha filha era criança, não posso mais protegê-la das dores e ataques do mundo. Ela cresceu, lindamente, mas com atitudes como essas, ela corre SIM, o risco de ser atacada por algum maluco/a que “entenda” que ela é uma “doença” ambulante por aí. Ser apontada como uma aberração da natureza. Ser excluída de ambientes sociais por ter uma doença contagiosa. Ser chamada  por um “psicólogo/a” a participar de suas sessão de “reversão sexual”.

Sabem medo? Sim, eu senti  e estou com com medo e o que me resta é usar o que eu tenho como ferramenta, as redes sociais para dizer: ” Não, minha filha não é uma doença ambulante. Minha filha é meu bem maior, cidadã correta, profissional formada,  ética, amorosa, solidária que só quer ter liberdade de ser quem ela é: Uma mulher, homossexual e feliz! “

Se você quiser ajudar, compartilhe este posto e mais que isso assine o abaixo-assinado: «Homossexualidade não é doença! Repúdio à decisão da Justiça Federal do DF.» no endereço : http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR101981

Concordo com este abaixo-assinado e cumpro com o dever de o fazer chegar ao maior número de pessoas.

Se você concorda , assine também!

Beijos de uma mãe que SAIU do ARMÁRIO e não se calará diante do retrocesso social que estamos vivendo.

Leia Mais

Gestão de sua carreira e de seu empreendimento você encontra no evento “Eu FELIZ” – 2º edição

Por Empreendedorismo Rosa

Em março, realizamos nossa 1º edição do “EU FELIZ”, celebrando o Dia Internacional da Mulher e o Dia Internacional da Felicidade com um foco inspirador e motivacional.

Agora abrimos a estação da Primavera, com a 2º edição do “EU FELIZ”, com um olhar sobre a gestão de sua carreira e de seu empreendimento.

Não importa se você empreende ou não, se deseja empreender ou não, se quer mudar de carreira ou dar um up nela. O importante é que de fato queira ser feliz e venha se unir a nós, no dia 23 de setembro, sábado, no evento “EU FELIZ”, onde teremos pROSAS de empoderamento profissional, com 7 mulheres que, como você, batalham e encaram suas vidas de frente e com a felicidade na bagagem.

Será um dia de muito networking, boas risadas, boas pROSAS e muita felicidade e você poderá adquirir seu ingressos de acordo com sua disponibilidade de tempo. Mas desde já lhe desafiamos a separar este dia todo para você, afinal, para sermos felizes temos que nos permitir, confere?

Para o horário de almoço você poderá provar das delicias do Le Mundi Café Terapêutico & Livroteca espaço que também abriga a nossa casa, ou escolher outros locais gastronômicos próximos ao nosso espaço empreendedor.

Presenteie o seu EU FELIZ e vem ser mais FELIZ com a gente.

a6bd30ac-2ef7-4f31-a268-d30804009a3d

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esperamos por você!

 

Apoio: Balloon – Gestão de Conteúdo , Código Aberto, Dica da Tere, Endometabólica, Job Cloud, Mel e Limonada- Design de Ambientes, Quark Design, Estúdio Trevisart , Santo Bolo, Doc Duo, Hostel Roma

Realização: Empreendedorismo Rosa

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/eu-feliz—2a-edicao__182875

Vagas Limitadas!

 

Leia Mais

Lançamento da pesquisa: O papel dos negócios sociais no apoio ao empoderamento feminino no Brasil

Por Empreendedorismo Rosa

British Council organização internacional do Reino Unido com foco em relações culturais e oportunidades educacionais vem trabalhando com mais de 100 países ao redor do mundo nas áreas de artes e cultura, língua inglesa, educação e sociedade civil. Em paralelo, Igualdade e Diversidade estão embutidas em todo o trabalho realizado British Council, através da oferta de programas globais que promovem a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas. Negócios de impacto social é também uma prioridade global para o British Council, através de um programa presente em mais de 20 países e realizado com o apoio de parceiros locais e internacionais.

O British Council realizou uma abrangente pesquisa qualitativa internacional sobre a correlação entre negócios de impacto social e empoderamento de mulheres em cinco países: Reino Unido, EUA, Índia, Paquistão e Brasil. A pesquisa utilizou o conhecimento de especialistas nesses países para compreender as várias tipologias de negócios de impacto social e os diferentes desafios enfrentados por mulheres e meninas e examinou, entre outras, questões como:

 Mulheres na liderança de negócios de impacto social;

 Acesso de mulheres a recursos e investimentos para o fortalecimento de negócios de impacto social;

 Negócios de impacto social como plataforma eficaz para o empoderamento das mulheres;

 Como os negócios de impacto social desafiam ou reforçam estereótipos de gênero na economia.

Nesse momento, temos o prazer de anunciar e convidar para os eventos de lançamento do relatório da pesquisa no Brasil; no dia 13 de setembro, 2017 em São Paulo e em 20 de setembro, 2017 no Rio de Janeiro (vide serviço abaixo).

O relatório da pesquisa no Brasil será disponibilizado em primeira mão no dia 13/09, durante o evento em São Paulo, no site do British Council  e apresenta informações relevantes e recomendações para governos, investidores, empreendedores sociais e organizações de apoio sobre como promover ainda mais o empoderamento das mulheres e a agenda dos negócios de impacto social. Um dos objetivos-chave é o de suscitar debate e catalisar ações futuras.

Ambos os eventos contarão com painéis de especialistas envolvidos ativamente com as agendas correlacionadas de empoderamento feminino e negócios sociais. A ideia central é a de abordar as principais conclusões e recomendações da pesquisa e ilustrar potenciais soluções e próximos passos. O debate entre os especialistas e o público presente abordará temas como, por exemplo:

 Como os modelos de negócios de impacto podem contribuir mais para a igualdade de gênero e raça no Brasil e fortalecer o empoderamento feminino;
 Negócios de impacto e oportunidades / desafios de empregabilidade para mulheres: qualidade do emprego, salários e oportunidades de crescimento;
 Como os atores que ofertam diferentes tipos de capital para negócios de impacto poderiam endereçar a desigualdade de gênero e simultaneamente incluir gênero nas decisões de investimentos e métricas para mensuração de impacto social;
 Quais são os maiores desafios enfrentados pelas empreendedoras sociais e qual seria a melhor maneira de atender essas necessidades.

O relatório da pesquisa no Brasil será disponibilizado, em primeira mão, no dia 13/09 durante o evento de lançamento em São Paulo, através do site do British Council: www.britishcouncil.org.br/

SERVIÇO: EVENTO DE LANÇAMENTO DA PESQUISA EM SÃO PAULO – O papel dos negócios sociais no apoio ao empoderamento feminino no Brasil

Panelistas confirmadas:

  • Adriana Barbosa – Empreendedora Social e Fundadora Feira Preta
  • Graziella Maria Comini – Docente e Coordenadora do Curso de Graduação em Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
  • Celia Cruz – Diretora Executiva do Instituto de Cidadania Empresarial e Força Tarefa de Finanças Sociais
  • Viviane Duarte – Empreendedora Social, Fundadora do Plano Feminino e do Plano de Menina
  • Mediação: Renata Truzzi, Diretora NESsT Brasil

Link para inscrição: http://britishcouncilbrasil.rsvp-socentsp.sgizmo.com/s3/

SERVIÇO: EVENTO DE LANÇAMENTO DA PESQUISA NO RIO DE JANEIRO – O papel dos negócios sociais no apoio ao empoderamento feminino no Brasil

Panelistas confirmadas:

  • Carla Teixeira Panisset – Coordenação Comunidade Sebrae RJ
  • Iana Bamboreim – Diretora Olabi
  • Tássia di Carvalho – Fundadora Agência Is
  • Ruth Pinheiro – Presidente Rede Brasil Afro Empreendedor (REAFRO)
  • Mediação: Anette Kaminski (Coautora do relatório da pesquisa)

Link para inscrição: http://britishcouncilbrasil.rsvp-socentrj.sgizmo.com/s3/

Leia Mais

“Se você pensar que nunca mais será feliz, nunca fará coisas que trazem felicidade”

Por  Empreendedorismo Rosa

*Texto original do site: Vamos falar sobre o LUTO?  com Cyntia Almeida

Uma das formas de atravessar o luto e construir resiliência é combater a permanência. Você tem que acreditar que não será sempre tão ruim. Do contrário, não terá forças para fazer com que não seja sempre tão ruim.

Como todos que passaram pela perda de alguém muito querido, Sheryl Sandberg, a executiva do Facebook que viu seu mundo de harmonia e sucesso desabar, há 2 anos, com a morte repentina do marido, Dave Goldberg, acordava todos os dias pela manhã desejando que fosse um pesadelo. Não era.

Mas era como se fosse e parecia que jamais acordaria daquele sonho terrível. “Todas as manhãs eu acordava para ver que ele se fora. E que aquela dor nunca iria me deixar. Nunca.”

Foi o psicólogo Adam Grant, seu amigo pessoal com quem viria a escrever seu novo livro, Plano B – Como encarar adversidades, desenvolver resiliência e encontrar felicidade , que a advertiu primeiro contra o uso das palavras SEMPRE e NUNCA. Sheryl afirmou que nunca mais seria capaz de sentir uma felicidade verdadeira.. Adam ligou para ela e disse: “Se você pensar que nunca mais será feliz, nunca fará coisas que trazem felicidade”apsposts_agosto_LP

Segundo o psicólogo, quando estamos diante de uma perda devastadora, é natural que façamos aquilo que ele define como “previsão afetiva”, a nossa habilidade de prever como será nosso futuro emocional. O psicólogo Dan Gilbert, estudioso do comportamento diante da adversidade, afirma que as pessoas, diante de situações tristes e difíceis, tendem a superestimar o quanto será ruim e por quanto tempo. Pensar que vamos nos sentir tão mal, como estamos nos sentindo naquele momento, por toda a vida é acreditar na permanência. No entanto, uma das poucas coisas de que temos certeza na vida, é de que tudo é impermanente. Podemos estar felizes hoje, mas isso não garante que estejamos felizes para sempre. Podemos estar tristes ou desesperados, mas isso também não é para sempre.
Reconhecer a impermanência começa por abolir as palavras definitivas. E substituir sempre por “às vezes”, “agora” ou “ultimamente” . E nunca por “algum dia”.

Em setembro o livro Plano B será o motivo de nossa Leitura com pROSA  ( grupo de leitura feminina) que acontecerá no dia 12/09 das 19h às 22h aqui no Empreendedorismo Rosa.

Livro e bilheteria no valor de R$ 60,00, á venda aqui em nosso espaço. Mande email para contato@empreendedorismorosa.com.br e reserve o seu.

Leia Mais

SHERYL SANDBERG, a COO do Facebook, parabeniza o encontro de mulheres em Curitiba

Por Pequenas Empresas Grandes Negócios

A COO do Facebook, Sheryl Sandberg, se tornou conhecida ao redor do mundo após lançar o livro “Lean In: Women, Work, and the Will to Lead” (em português, “Faça Acontecer: Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar”, publicado pela Companhia das Letras), em meados 2013.

A obra fala sobre o desenvolvimento da liderança feminina, a falta de representatividade do gênero em governos e grandes companhias e sobre o feminismo. Com mais de dois milhões de exemplares vendidos, o livro tornou Sheryl um ícone dos movimentos a favor da igualdade de gêneros.

Sheryl Sandberg, Chief Operating Officer do Facebook (Foto: Reprodução Facebook)

Sheryl Sandberg, Chief Operating Officer do Facebook (Foto: Reprodução Facebook)

Além disso, inspirou a criação dos “Lean In Circles”, uma série encontros para discutir o empoderamento feminino, que hoje acontece em 120 países. No Brasil, a iniciativa é realizada em Curitiba por Lênia Luz , com reuniões quinzenais entre mulheres com os mais diferentes perfis. A ideia é inspirar o autoconhecimento, a liderança e o empreendedorismo entre as participantes. Lênia é a criadora do Empreendedorismo Rosa, um site que busca incentivar e ajudar mulheres empreendedoras.

O programa já recebeu o reconhecimento pelo trabalho, quando Sheryl compartilhou uma foto de uma das reuniões do grupo curitibano. “Círculos assim não inspiram somente outros círculos – eles me inspiram”, disse ela. Veja abaixo:

Lean In

A novidade é o programa de imersão que busca contemplar mulheres de outra cidades e regiões ou para aquelas que tenham pouca disponibilidade de tempo , e a próxima edição acontece em São Paulo.

Informe-se pelo email: contato@empreendedorismorosa.com.br  ou faça sua inscrição aqui:  https://www.sympla.com.br/lean-in-circle-empreendedorismo-rosa-13-turma__170383 e venha Fazer Acontecer!

Leia Mais