Hoje o dia é das crianças e a reflexão é nossa!

Por Lênia Luz

Buscando algo inspirador para a comemoração do Dia das Crianças, encontrei um texto maravilho de meu escritor preferido, Rubem Alves. Tive a grata alegria de conhecer em Campinas o Café Bistro Rubem Alves .

Quando lá cheguei parecia uma criança que acabaram de ganhar o brinquedo tão sonhado. Sim, estava em um espaço que me remeteu a memórias, sentimentos, aprendizagens e muitas emoções advindas das leituras feitas de seus livros e de momentos que pude escutar a sabedoria deste grande mestre ao vivo e a cores. Assim se comportam as crianças que ainda vivem em nós, quando são despertadas por algo que as emociona, não se importam com o “MICO ou KING KONG”, simplesmente vão lá e se divertem.

E é nesta vibe das boas emoções que compartilho o texto que segue abaixo.

 

_MG_7765

                                                                   

“…O melhor de tudo são as crianças…” Rubem Alves

“Convidaram-me a participar de um congresso sobre educação, na Itália. Fui. Esperava que fosse igual aos muitos congressos de que já participei: conferencistas famosos, pedagogos, filósofos, professores, educadores, políticos, todos explicando teorias sobre a educação. Assim é porque aqueles que comparecem a congressos são sempre adultos. Mas uma surpresa me aguardava: o congresso estava cheio de crianças. Se são as crianças que vão ser objetos da educação é absurdo pensar sobre o que se vai fazer com elas sem que elas sejam ouvidas. Lá estavam elas, misturadas com os adultos. Fiquei com inveja delas e saudades do meu tempo de criança. Fiquei fascinado pela oficina para se fazer brinquedos, com serras, martelos, morsas, alicates, papéis, barbante, cola, carretéis, elásticos, madeira, etc. Aí vi que as crianças de qualquer parte do mundo podem se entender porque os brinquedos, como a música, são uma linguagem universal que não necessita de palavras. Os jogadores de xadrez jogam xadrez mesmo se falam línguas diferentes. Crianças de países diferentes podem, juntas, armar quebra-cabeças, jogar pião, empinar pipas, pular corda…

Eu não falo italiano. Estava lá, andando invejoso entre os meninos. Aí um jovem, vendo meu sorriso de inveja, sem dizer uma palavra, veio empurrando um carrinho de rolemã e simplesmente me fez um gesto. Assentei-me no carrinho e lá fui eu, empurrado pelo jovem, correndo como se fosse piloto de fórmula 1, rindo de felicidade. E percebi que andar num carrinho de rolemã me dá mais prazer que guiar automóvel. Quando guio um automóvel sou adulto. Quando ando de carrinho de rolemã sou criança. Só tive uma reclamação a fazer: é que os carrinhos de rolemã são feitos para crianças – o que revela um miserável preconceito. Por que não carrinhos de rolemã tamanho adulto? Por acaso os adultos não têm direitos? Por acaso eles estão proibidos de entrar no mundo das crianças? E não se fala tanto em “inclusão”? Eu quero ser incluído no mundo das crianças. Exijo os meus direitos. Pena que lá não houvesse balanços, um dos meus brinquedos favoritos. Balanços, pra existir, precisam de árvores grandes com galhos fortes ou armações de madeira. E lá não havia nem uma coisa nem outra. É impossível balançar sem se sentir leve e com vontade de rir. Balanço é terapia contra depressão. Lembrei-me do que disse Nietzsche: o Diabo nos faz graves, solenes, pesados; faz-nos afundar. Deus, ao contrário, dá leveza e nos faz flutuar. Concluo, então, que o balanço é um brinquedo divino, por aquilo que ele faz com a gente. Balançar num balanço é um forma de rezar, de estar em comunhão com Deus.
Os brinquedos dão prazer. Os brinquedos fazem pensar. Quer ver? Você sabe que, sem ter ninguém que o empurre, você pode fazer o balanço balançar alto, até fazer o pé tocar na folha do galho, pela simples alternância da posição das pernas, prá frente e prá trás. Eu lhe pergunto então: por que é que essa alternância na posição das pernas, sem encostar em nada, produz o movimento do balanço? E o ioiô? Participei de um congresso sobre brinquedos, na Bahia. Havia uma infinidade de brinquedos em exposição. De alguns, apenas as fotografias. Como, por exemplo, pipas do tamanho de uma casa, pesando quinhentos quilos. E a fotografia de um mosaico grego, de antes de Cristo. Pois nesse mosaico aparecia um grego jogando ioiô! Nunca imaginei que os ioiôs fossem tão antigos! Pergunto: o que é que faz com que o ioiô vá para baixo e para cima? E que dizer dos quebra-cabeças? Quantas funções intelectuais altamente abstratas entram em jogo enquanto se monta um quebra-cabeças! E as bolhas de sabão! Me explique, por favor: por que é que elas são tão redondinhas? Quem joga sinuca aprende, intuitivamente, as leis da composição de forças. E os piões: por que é que se equilibram sobre um prego?

Lá no congresso na Itália parei diante de um quebra-cabeças, dois pregos entrelaçados que, se se pensar bem, podem ser separados. Fiquei longos minutos lutando com os ditos pregos. E pensei: Que coisa mais estranha! Não vou ganhar nada se conseguir separar os dois pregos. O que é que faz que eu esteja aqui, perdendo o tempo e quebrando a cabeça? A resposta é simples: pelo desafio. Todo brinquedo bom é UM desafio. E isso nada tem a ver com esses brinquedos eletrônicos comprados, em que não se usa a inteligência mas apenas o dedo para apertar um botão. Brinquedo bom tem de ser desafio. Brinquedo bom tem de fazer pensar.

É possível que você tenha comprado brinquedos para os seus filhos. Mas sugiro que aquilo que seu filho ou filha mais deseja é ter você como companheiro de brinquedo. Não me esqueço da imagem triste de um pai, numa manhã de domingo, empurrando o filho no balanço com a mão esquerda enquanto lia o jornal que segurava com a mão direita. Para aquele pai, brincar com o filho era um sacrifício. Para ele o importante eram as notícias do jornal. A infância passa rapidamente. Logo logo a única coisa que restará será o jornal na mão direita e o vazio na mão esquerda.

No congresso distribuíram um página com os “Dez Direitos Naturais das Crianças” que quero compartilhar com vocês.

“1. Direito ao ócio: Toda criança tem o direito de viver momentos de tempo não programado pelos adultos.

2. Direito a sujar-se: Toda criança tem o direito de brincar com a terra, a areia, a água, a lama, as pedras.

3. Direito aos sentidos: Toda criança tem o direito de sentir os gostos e os perfumes oferecidos pela natureza.

4. Direito ao diálogo: Toda criança tem o direito de falar sem ser interrompida, de ser levada a sério nas suas idéias, de ter explicações para suas dúvidas e de escutar uma fala mansa, sem gritos.

5. Direito ao uso das mãos: Toda criança tem o direito de pregar pregos, de cortar e raspar madeira, de lixar, colar, modelar o barro, amarrar barbantes e cordas, de acender o fogo.

6. Direito a um bom início: Toda criança tem o direito de comer alimentos sãos desde o nascimento, de beber água limpa e respirar ar puro.

7. Direito à rua: Toda criança tem o direito de brincar na rua e na praça e de andar livremente pelos caminhos, sem medo de ser atropelada por motoristas que pensam que as vias lhes pertencem.

8. Direito à natureza selvagem: Toda criança tem o direito de construir uma cabana nos bosques, de ter um arbusto onde se esconder e árvores nas quais subir.

9. Direito ao silêncio: Toda criança tem o direito de escutar o rumor do vento, o canto dos pássaros, o murmúrio das águas.

10. Direito à poesia: Toda criança tem o direito de ver o sol nascer e se pôr e de ver as estrelas e a lua.” E aí eu pedi às crianças licença para acrescentar o décimo primeiro direito: “Todo adulto tem o direito de ser criança…”

Desejo que você, nesse “Dia das Crianças”, redescubra a delícia que é ser criança. Porque, como disse Fernando Pessoa, “Grande é a poesia, a bondade e as danças… Mas o melhor do mundo são as crianças”. ”

Abreijos de feliz seu dia!

Leia Mais

Sephora Accelerate: Projeto mundial busca empreendedoras brasileiras do ramo da beleza

Por Empreendedorismo Rosa

Sephora, maior rede de produtos de beleza do mundo, anuncia a abertura das inscrições para a terceira edição do Sephora Accelerate, que auxilia mulheres empreendedoras de startups de beleza a serem bem-sucedidas em seus negócios, proporcionando seis meses de treinamento – que inclui um bootcamp nos Estados Unidos – acompanhamento e apoio de mentores especializados neste segmento, além de U$ 5 mil para auxiliar no projeto. As inscrições estarão abertas de 1° de outubro, seguindo até o final deste mês, e poderão ser efetuadas pelo site https://www.sephorastands.com/accelerate/.

O projeto idealizado pela Sephora Américas está cada vez mais voltado às brasileiras. Neste ano, o Brasil recebeu um evento inédito do programa, que reuniu mulheres donas de seus próprios negócios, em São Paulo, para um bate-papo sobre empreendedorismo e explicações sobre o Sephora Accelerate. O evento contou com a presença das executivas da marca Lily Xu, gerente de impacto social da Sephora e uma das idealizadoras do projeto, e Andrea Orciolli, vice-presidente de marketing e merchandising de Sephora Latam e mentora no programa Accelerate. Ainda participaram deste painel Pollini Jorio, CEO do aplicativo BrandLovers e primeira participante brasileira do projeto, Juliana Goes, jornalista, coach e fundadora do aplicativo Zen, e Bruna Fioreti, coach e jornalista especializada na área da beleza.

 

SEPHORA ACCELERATE

A primeira edição do programa ocorreu em 2016 e desde então ele vem buscando construir uma comunidade de empresárias que escolheram o mercado de beleza para iniciar seu próprio negócio. Neste programa, Sephora usa sua expertise no setor para criar um mercado de trabalho mais igualitário, oferecendo oportunidades e ferramentas para que mais mulheres alcancem sua independência, fazendo aquilo que amam.

A iniciativa nasceu da percepção de que mesmo na indústria da beleza, em que a maioria dos consumidores é constituído por mulheres, as empreendedoras ainda não têm tanta representatividade. Sephora reconheceu aí uma oportunidade única de extrair o máximo do seu conhecimento no ramo da beleza para criar uma comunidade de apoio para mulheres que estão nos primeiros estágios do desenvolvimento de seus negócios e assim poder formar um ecossistema de apoio para mais de 50 mulheres que estão à frente de empresas de beleza até 2020.

Por meio de um processo seletivo, que passa pela equipe da Sephora local e por um comitê global especializado, o programa escolherá 10 empresárias, residentes nos Estados Unidos, Canadá, México ou Brasil, para o time de 2018. Para se inscrever pelo Brasil é mandatório que a candidata seja brasileira e tenha domínio do inglês, pois todo o treinamento será neste idioma.

 

Fonte da Imagem: Sephora Brasil

Fonte da Imagem: Sephora Brasil

Programação Sephora Accelerate 2018

 Inscrições: 1° a 31 de outubro de 2017, pelo site https://www.sephorastands.com/accelerate/

Anúncio das selecionadas: até dia 31 de dezembro deste ano

Elegíveis: as empresas devem ter sido fundadas por mulheres, acima de 18 anos, em que o escritório principal seja em países da América onde Sephora opera – Estados Unidos, Canadá, México e Brasil. As companhias devem estar no início de seu desenvolvimento e os produtos ainda não devem ter distribuição em larga escala. É preciso ter pelo menos algum tipo de amostra de laboratório ou protótipo do produto.

Bootcamp Week: durante uma semana, as 10 escolhidas estarão reunidas da sede da Sephora em São Francisco para um treinamento voltado para o desenvolvimento de suas empresas, onde receberão instruções sobre o modelo de negócios, análise de mercado, plano de crescimento e estratégias de empreendedorismo.

Mentorship: durante os meses após o Bootcamp, as empresárias deverão resolver desafios de negócios e crescimento por meio do apoio de mentores – líderes da indústria de beleza e especialistas em startups –  que vão acompanhá-las individualmente durante todo o processo.

Demo Day: neste evento, etapa final do programa, as participantes devem apresentar suas empresas para especialistas da indústria, possíveis parceiros e investidores e líderes da Sephora.

 Website: https://www.sephorastands.com/accelerate/

 

Sobre Sephora

A Sephora é a maior e mais visionária rede de produtos de beleza do mundo, que inspira seus clientes a desfrutarem de um mundo de beleza. Fundada na França em 1970 e adquirida em 1997 pela LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton – maior conglomerado internacional de artigos de luxo – hoje a marca possui mais de 2300 lojas em 33 países. A Sephora é reconhecida em todo o mundo por seus conceitos exclusivos no varejo e experiência única de compra, que estão presentes no design de suas lojas, na expertise de seus consultores de vendas, na experiência interativa de compra e, principalmente, na combinação incomparável de mais de 200 marcas de prestígio que oferecem uma vasta gama de produtos, incluindo cuidados para o cabelo, pele, corpo, banho, fragrância e maquiagem, bem como a linha Sephora Collection.

 

Sobre Sephora Américas

Desde 1998, a Sephora Américas vem transformando a beleza. Hoje a divisão movimenta mais de 430 lojas no continente americano, além de suas 600 operações dentro de locações JCPenney e do principal site de beleza do mundo, www.sephora.com. Em 2010, expandiu-se pela América Latina, e abriu lojas no México. A primeira loja física no Brasil foi inaugurada em 2012, no JK Iguatemi, em São Paulo. Hoje, possui pontos de venda físicos em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Distrito Federal, Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás e Pernambuco, totalizando 24 lojas e dez pop up stores, e cobre todo o território nacional através da operação do www.sephora.com.br.

http://facebook.com/sephorabrasil /http://instagram.com/sephorabrasil/

#sephorabrasil #sephorainspira #sephoraaccelerate #beautypowerturniton

Leia Mais

Descubra e equilibre o seu Estilo de Vida

Por Carol Santos

Existem sete pilares que nos sustentam: saúde, família, carreira, cultura, comunidade, matéria e espírito.  Todos eles são igualmente importantes.

Fonte da Imagem:Loccus

Fonte da Imagem:Loccus

Sábado forneceremos pistas para que elas possam conviver em harmonia.  Vale a pena fazer um esforço para equalizar suas Sete Vidas.

Venha para a “pROSA podeROSA: Um tempo para mim!” , inscreva-se :https://www.sympla.com.br/pausa-poderosa-um-tempo-para-mim–outubro-rosa__192001.

A chave da felicidade é o equilíbrio!

 

 

Leia Mais

Compreendendo quanticamente a Essência do Feminino

Por Wilmarise Martins

Esqueça tudo o que você já ouviu ou leu sobre Essência do Feminino e venha com a mente aberta para uma nova (ou nem tanto) abordagem sobre o tema.

Algo tão ancestral e tão atual ao mesmo tempo, mas que vai muito além de apenas elevar a auto-estima e nos reconectar com o nosso ciclo.

Fonte da rebloggy.com

Fonte da rebloggy.com

Quando começamos a olhar para este atributo quanticamente (dentro do conceito energético e científico) o que (re)descobrimos pode ser surpreendente!

Aguardo você na “Pausa podeROSA: um tempo para mim”, para que juntas possamos conhecer um pouco mais da Essência do Feminino.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/pausa-poderosa-um-tempo-para-mim–outubro-rosa__192001

Leia Mais

Previnir sempre será o melhor remédio

Por Gabriela Guibaudo 

Acupuntura, ventosaterapia e auriculoterapia são algumas das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa utilizadas e conhecidas.

Mas a maioria das pessoas só recorre a elas quando a doença pegou de vez. Quando a dor ficou insuportável , quando  se encontra muito acima do peso e não sabe o que fazer para que a dieta funcione, quando não consegue dormir direito ou ainda quando as articulações começam a doer

 

Fonte da Imagem:MTC

Fonte da Imagem:MTC

Você sabia que pode equilibrar seu corpo e conviver com ele harmonicamente? A Medicina Tradicional auxilia muito nesse processo.

Nesse caminho para a saúde é, que eu escolho acompanhá-la no evento “Pausa podeROSA: Um tempo para mim”, para se informar sobre os benefícios que a acupuntura pode trazer para sua vida e os segredos da sabedoria oriental que pode fazer seu dia a dia mais fácil e produtivo, já que um corpo com vitalidade é imprescindível para levar a vida e fazer acontecer.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/pausa-poderosa-um-tempo-para-mim–outubro-rosa__192001

Leia Mais

Livre-se do stress do dia a dia

Eliane Janiski

Você anda estressada, dolorida, travada e sabe que uma massagem resolveria todos os seus problemas?

Tudo bem, sei que você dirá que está difícil investir nisso nesses tempos de grana curta, não é? E achar alguma alma boa que queira te fazer essa caridade sem reclamar, está mais difícil ainda?

 

Fonte da Imagem: Google

Fonte da Imagem: Google

Então seus problemas acabaram!

Venha para o  evento do dia 07/10, “Pausa podeROSA: Um tempo para mim”, que te ensinarei como ser autossuficiente nessa questão com uma pROSA sobre automassagem para se livrar do estresse sozinha.

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/pausa-poderosa-um-tempo-para-mim–outubro-rosa__192001

 

Leia Mais